Equipe alviverde pressionou o rival gaúcho e trave impediu placar maior na noite desta quarta

O Palmeiras não se intimidou diante do Grêmio fora de casa nesta quarta-feira, propôs o jogo, fez pressão e impôs dificuldades aos mandantes, acostumados a verem rivais na retranca na Arena. Em duelo equilibrado e brigado, o time de Roger Machado venceu por 2 a 0, com dois de Willian.

O resultado levou o Palmeiras a 17 pontos, na terceira colocação enquanto o Grêmio parou nos 16, agora em sexto. As duas equipes volta a campo no domingo, às 16 horas. Enquanto os paulistas visitam o Ceará, os gaúchos recebem o América-MG.

Era grande a expectativa de um bom jogo em Porto Alegre e elas foram correspondidas em campo. Os visitantes precisaram de menos de menos de três minutos para mostrarem ao Grêmio que o jogo não seria fácil. Marcos Rocha chutou rasteiro pela ponta direita e assustou Grohe. De fora da área, Willian mandou na trave. E a pressão continuou. Só aos cinco minutos o Grêmio conseguiu trabalhar a bola.

Sofrendo pela forte marcação avançada do Palmeiras, o Grêmio achou nos chutes de longe e nas jogadas pelas laterais formas de tentar surpreender os rivais no primeiro tempo. As melhores chances tricolores surgiram desta forma. Leonardo e Luan, de fora da área, pararam em Jailson. Mas era o Palmeiras quem propunha o jogo.

Acuado em casa, o Grêmio decidiu "esfriar" a partida, valorizando a posse de bola e apostando na troca de passes no meio-campo. Sem conseguir passar da zaga alviverde, via-se envolvido nos contra-ataques. Aos 37, após dividida de Hyoran na entrada da área, a bola sobrou para Willian chutar de primeira e mais uma vez, acertar a trave.

Na segunda etapa, os primeiros vinte minutos foram menos intensos que o primeiro tempo, mas ainda com Grêmio e Palmeiras achando espaços e tentando aproveitar oportunidades. Aos sete, pela direita, Arthur tentou cruzar, a bola encobriu Jailson e acertou a trave. Os alviverdes mostravam velocidade e levavam perigo nos contra-ataques.

Vendo o Grêmio crescer no jogo, o Palmeiras botou velocidade e foi numa jogada rápida que abriu o placar. Pela esquerda, Dudu passou por Jailson e viu Willian correr para perto da pequena área. No lançamento, o camisa 29 bateu de primeira na bola, sem chance para Grohe.

À frente no placar, o Palmeiras passou a jogar no erro do Grêmio. Em cruzamento pela direita de Hyoran, Leonardo tentou interceptar, mas a bola chegou em Willian. Ele avançou e chutou na saída de Grohe para ampliar. O Grêmio até tentou reagir, mas não dava mais tempo.

Fonte: Band

Vítima voltava de lotérica, caiu ao desviar de buraco e bateu a cabeça

Almy Antônio da Silva, 80 anos, morreu na Santa Casa depois de cair da bicicleta às margens do rio Anhanduí, próximo ao Hospital Regional, em Campo Grande.

Vítima foi até uma lotérica e, na volta, estava de bicicleta passando por uma passarela para pedestres na rua Arquiteto Vila Nova Artigas, sobre o rio. Na cabeceira da ponte há um buraco e um poste e a vítima caiu ao tentar desviar, passando pelo meio de ambos.

Conforme testemunhas, o ciclista caiu no barranco às margens do rio e bateu a cabeça na queda. Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o Corpo de Bombeiros foram acionados para prestar socorro à vítima, que estava inconsciente.

O idoso teve cinco paradas cardíacas no local, mas foi reanimado. Na ambulância, ele teve outras duas paradas cardíacas, também sendo reanimado. Ao dar entrada na Santa Casa, ele teve uma nova parada cardíaca, que evoluoi para o óbito.

Vítima tinha oito filhos.

Fonte: Correio do Estado

A Drogaria Popular de Novo Horizonte do Sul e a campeã de preços baixos e variedades, conhecida pela qualidade, confiança e economia, comercializa os melhores descontos da cidade.

A copa do mundo começou mais cedo na Drogaria Popular, na compra de qualquer produtos você ganha de brinde uma tabela da copa do mundo.

Drogaria popular do Rafael e a primeira da cidade em trazer preços populares em medicamentos, com desconto de até 90% de desconto.

Drogaria Popular agora e correspondente Bradesco, você paga sua conta de água e boletos, venha estamos esperando você.

A Drogaria Popular de Novo Horizonte do Sul, está localizada na Avenida Marcos Freire, 607, fones (67) 98443-3130 / 98437-3378

 

 

No momento do assalto, havia outras quatro pessoas no estabelecimento, além da vítima

Um suspeito que fazia uma mulher refém durante um assalto a uma loja de calçados foi morto pela Polícia Militar, nessa terça-feira (5), no área central de Belo Horizonte. A vítima era cliente do estabelecimento e ficou sob a mira de um revólver por mais de uma hora, de acordo com o G1.

Por volta das 20h40, o autor do crime efetuou três disparos de dentro da loja, conforme informações da PM. Pouco tempo depois, relataram policiais, o homem estava pronto para matar a refém, que era uma das cinco pessoas que estavam no local, quando agentes atiraram e atingiram a cabeça do ladrão. Ninguém ficou ferido.

Fonte: Noticias ao minuto

Autor de 51 anos chegou a ser agredido, mas negou os fatos

Homem de 51 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar no final da tarde de ontem, em Três Lagoas, suspeito de estuprar uma menina de apenas três anos. Ele chegou a ser cercado por moradores do Residencial Novo Oeste, onde reside, e foi agredido, mas negou os atos.

Segundo o site Patrulha News, durante o banho, a vítima pediu para que a mãe não tocasse em suas partes íntimas, pois estava com dores. Preocupada, a mulher perguntou à filha o que havia ocorrido, e a menina relatou os abusos. Uma criança de seis anos, amiga da vítima, teria presenciado os atos e confirmou a identidade do autor.

O homem ficou escondido por algumas horas, mas ao ser visto entrando no residencial, foi cercado pelos moradores e apanhou até a chegada da Força Tática da PM. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil e a vítima foi submetida exame de corpo de delito para confirmar os abusos. O caso é investigado.

Fonte: Correio do Estado

O São Paulo desperdiçou, na fria noite desta terça-feira, a chance de se reabilitar do revés para o Palmeiras e de se garantir entre os líderes ao final da décima rodada do Campeonato Brasileiro. Repleto de desfalques e com Jucilei poupado, o Tricolor sentiu a ausência de Nenê e não saiu de um monótono empate por 0 a 0 com o Internacional, em duelo direto por um lugar no G4.

Com 17 pontos ganhos, o time dirigido por Diego Aguirre assumiu provisoriamente a vice-liderança, mas pode perder posições no complemento da rodada. O Colorado, por sua vez, segue no quinto lugar, agora com 16 pontos, e também deve cair na tabela entre quarta e quinta-feira.

Em seu penúltimo jogo antes da pausa para a Copa do Mundo, o São Paulo tentará pôr fim ao tabu de jamais ter vencido o Atlético-PR na Arena da Baixada, a partir das 16 horas (de Brasília) do próximo sábado. Já o Inter visitará o Santos, na Vila Belmiro, no domingo, às 19 horas.

O Jogo – Em grande jogada individual de Lucas Fernandes, o São Paulo foi o primeiro a chegar com perigo. Logo aos cinco minutos, o jovem meia passou a bola entre as pernas do marcador na direita e tocou para Liziero, que arriscou de fora da área. A bola saiu com força e chegou quicando, mas Danilo Fernandes fez a defesa em dois tempos.

Embora tivesse o domínio da posse de bola, o Tricolor só voltou a assustar a meta gaúcha aos 36 minutos. Após cobrança de escanteio pela direita, a bola sobrou para Reinaldo na intermediária. O lateral esquerdo chutou forte, de primeira, e exigiu grande defesa do arqueiro colorado, que se esticou todo para evitar o primeiro gol da partida.

Pouco depois, Zeca bobeou dentro da área e Everton tomou a bola dele. Na sequência do lance, o camisa 18 cruzou rasteiro para o meio, mas a defesa não deixou que ela chegasse no apagado Diego Souza. Apesar da superioridade, os donos da casa não conseguiram abrir vantagem antes do intervalo.

A etapa complementar começou agitada. Em menos de dois minutos, os gaúchos arriscaram duas vezes de fora da área. O São Paulo respondeu com Lucas Fernandes, que chutou de primeira após cruzamento de Reinaldo. Bem colocado, Danilo Fernandes fez a defesa. No rebote, depois de dividida entre Diego Souza e Cuesta, a bola voltou para o goleiro.

Mas o Inter voltou determinado a dar mais trabalho para os mandantes. Aos seis minutos, aproveitando vacilo de Anderson Martins na linha de fundo, William Pottker finalizou em cima de Sidão. Na sobra, Damião tentou de bicicleta, mas mandou à direita da meta tricolor. Logo em seguida, novamente de bicicleta, o centroavante colorado tirou tinta do travessão.

Diego Aguirre, então, fez duas substituições simultâneas: entraram Shaylon e Araruna nos lugares de Lucas Fernandes e Tréllez. Odair Hellmann respondeu tirando o meia Lucca e colocando o atacante Rossi. O duelo, contudo, continuou morno e sem chances de gols para ambos os lados.

Como última cartada, o treinador uruguaio lançou mão de Paulinho na vaga de Liziero, ao passo que o comandante colorado sacou Charles e Pottker para as entradas de Camilo e Nico López. Mesmo com as novas mudanças, os times não melhoraram de rendimento e o confronto persistiu monótono, terminando empatado sem gols.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 0 X 0 INTERNACIONAL

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Data: 05 de junho de 2018, terça-feira

Horário: 21h30 (horário de Brasília)

Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)

Assistentes: Pedro Martinelli Christino (PR) e Luciano Roggenbaum (PR)

Público: 14.730 torcedores

Renda: R$ 324.896,00

Cartão Amarelo: Tréllez e Liziero (São Paulo); Edenílson (Internacional)

Cartão Vermelho: –

Gol: –

SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Petros, Liziero (Paulinho) e Lucas Fernandes (Shaylon); Everton, Tréllez (Araruna) e Diego Souza

Técnico: Diego Aguirre

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Charles (Camilo), Edenílson e Patrick; Lucca (Rossi), William Pottker (Nico López) e Leandro Damião

Técnico: Odair Hellmann

Fonte: GazetaEsportiva 

Rosa (Leticia Colin) vai, praticamente, assinar um pacto com o diabo em “Segundo sol”. Disposta a arrumar um lugar melhor para os pais morarem, ela pede dinheiro emprestado a Laureta (Adriana Esteves), que faz a garota assinar uma nota promissória e prometer atender clientes até em hora extra. "Continue atendendo meus clientes com a eficiência que tem demonstrado... aliás, quero que se supere! Que faça os homens enlouquecerem por você, que queiram mais e mais, todos os dias, sem descanso, como numa montanha-russa de perdição!", diz ela.

Rosa não gosta: "Assim você me mata e não vou estar aqui pra lhe pagar essa dívida". "Você aguenta, ah, se aguenta! E ainda tem uns programas extras, você me prometeu, lembra que veio aqui de penico na mão me pedindo arrego, não vai dar pra trás", responde Laureta, que debocha de Rosa quando ela sai com o dinheiro: “Quero ver, Rosa... Quero ver até onde você aguenta... você tã na minha mão, quenguinha...”.

Depois disso, a cafetina fica ainda mais no pé de Rosa. A essa altura, Ícaro (Chay Suede) estará sumido da mansão e, enlouquecida, Laureta coloca Rosa na parede para saber do paradeiro do rapaz. “Pensa que eu não sei que você se sente dona do Ícaro, que quer jogar ele contra mim?”, fala. “Quem se sente dona do Ícaro aqui é você... e eu preferia morrer a virar cafetina”, responde Rosa. Laureta parte para cima da menina: “Tá se achando melhor que eu agora, por acaso? Se enxergue! Me respeite! Se Ícaro não voltar ao trabalho, a culpa vai ser sua, e você vai pagar caro por isso, sua insolente!”.

Rosa afirma que daqui a pouco será ela a sair de lá. Nesse momento, Laureta dá um tapa no rosto de Rosa: “Esqueceu que tem uma dívida comigo, que assinou uma promissória? Você é minha até que me pague o último centavo que lhe emprestei!”.

Fonte: Extra

Bando tinha armamento capaz de derrubar avião e maquinário para embalar drogas

Quatro pessoas foram presas preventivamente pela Polícia Federal em Mato Grosso do Sul, durante a manhã desta terça-feira (5), pela 'Operação Fura 556', que busca desarticular a atuação de quadrilhas responsáveis por traficar armas e drogas internacionalmente.

De acordo com a Polícia Federal, o nome da operação faz referência à forma como os integrantes da organização criminosa faziam referência aos fuzis 5.56, ou seja, “FURA 556”. A potência é tamanha, que o calibre é tem poderio para perfurar blindados e derrubar helicópteros. Equipamentos para embalar drogas também foram localizados.

Segundo a PF, o esquema criminoso consistia na obtenção de entorpecentes e armamentos no Paraguai e depois o envio das mercadorias ilícitas para o Espírito Santo e também estados da Região Nordeste, por meio de 'mulas' (como são chamados os transportadores de droga) atraídas por boas vantagens financeiras. O início das investigações se deu após grandes apreensões de drogas ocorridas em Recife (PE), espécie de 'sede' da quadrilha.

Além dos quatro mandados de prisão preventiva, outros quatro mandados de busca e apreensão foram desencandeados nas cidades de Fátima do Sul (MS), Dourados (MS) e Gurarapari (ES).

Um paiol de grandes proporções foi aprendido pelos agentesd. Ao todo, o rol inclui uma carabina semi-automática calibre .22, munições de diversos calibres, inclusive de fuzil 5.56mm e de pistola 9mm, uma prensa utilizada para a formação de tabletes de maconha e mais de R$ 70 mil em dinheiro.

Os crimes investigados e desarticulados são o tráfico internacional de armas e de entorpecentes, falsificação de documentos e formação de organização criminosa.

Fonte: Correio do Estado

Um cidadão americano estaria entre os passageiros, informou o jornal "The Standard"

Um avião com 10 pessoas a bordo está desaparecido no Quênia desde a tarde desta terça-feira (5). A bordo, estavam oito passageiros e duas tripulantes que conduziam a aeronave.

O pequeno avião pertence a companhia aérea queniana Fly540, informou o jornal "The Standard", que adiantou que um cidadão americano estaria entre os passageiros.

Em comunicado publicado ontem, a companhia disse que "até o momento não sabemos a localização ou a condição da aeronave e seus tripulantes", segundo publica hoje o jornal local "The Star".

A aeronave fazia o trajeto da cidade de Kitale para o Aeroporto Internacional Jomo Kenyatta quando a torre de controle perdeu o sinal, às 17h (hora local).

Policiais, agentes do Serviço de Conservação da Vida Selvagem do Quênia (KWS, sigla em inglês) e outros serviços de resgate estão no Parque Nacional de Aberdare, a 60 km da capital, realizando tarefas de busca. O local foi onde supostamente o sinal da aeronave teria sido perdido, noticia o G1.

Fonte: Noticias ao minuto

 

A ação se deu após os agentes abordarem um carro suspeito de dar cobertura no transporte de ilícitos

Policiais rodoviários federais (PRF) e agentes da Polícia Federal (PF) apreenderam na noite desta segunda (04) uma carga de cerca de 300 caixas de cigarros e 57 pneus contrabandeados do Paraguai. A ação conjunta foi realizada no km 836 da BR-163, na divisa com o Mato Grosso do Sul.

A equipe estava em ronda nas proximidades de um posto de combustível quando abordou o veículo HONDA/FIT, placas de Dourados/MS. O condutor apresentou nervosismo com a presença policial e ficou confuso ao justificar sua presença naquele local. Os agentes realizaram um busca minuciosa no carro sem que nada de irregular fosse encontrado. Porém, o comportamento do motorista levantou a suspeita de que ele poderia estar dando cobertura no transporte de algum ilícito.

Diante da suspeita, os policiais deram início à fiscalização dos veículos de carga estacionados no local. Ao abrir a lona do caminhão Ford, que também trazia placas de Dourados/MS, os agentes se depararam com cerca de 300 caixas de cigarros e 57 pneus que estavam sendo contrabandeados do Paraguai. O motorista do caminhão não foi localizado. Todo material apreendido e o veículo foram encaminhados para a Polícia Federal de Rondonópolis.

Fonte: MS Notícias

Pagina 6 de 237

Salvar

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top