Eles estavam desaparecidos há quinze dias e filha e namorado fugiram

Casal que estava desaparecido há cerca de 15 dias foi encontrado enterrado no quintal da residência onde moravam, na manhã de hoje, em Corumbá.

De acordo com o site Diário Corumbaense, familiares registraram boletim pelo desaparecimento de Paulo Mariano Pinto, 58 anos, e da esposa dele, Marilene Ledesma Ferreira, 53. Hoje, cunhado do homem foi até a casa, arrombou a porta e encontrou a casa revirada e parte de terra remexida na varanda.

“Vimos que tem um baldrame de tijolo que tem areia fina, por isso desconfiamos que poderiam concretar alguma coisa, então resolvemos cavar um local na varanda da casa e achamos umas placas de madeirite de guarda-roupa, tiramos as placas e na hora que eu coloquei a alavanca e levantei até o fundo saiu um edredom e senti um cheiro forte de carniça e percebemos que o edredom estava com sangue. Acionamos a PM e a Perícia", disse.

Equipes da polícia e perícia foram ao local e confirmaram que os corpos estavam enterrados na varanda

A principal hipótese para o duplo homicídio é de que a filha de Marilene e o namorado dela tenham assassinado o casal. Eles teriam vendido os pertences da casa e fugido.

Vizinhos disseram que Marilene não aprovava o relacionamento da filha e já havia expulsao o rapaz da casa da família uma vez. Ainda conforme os vizinhos, no período em que o casal estava desaparecido, filha não demonstrou preocupação e penhorou bens como geladeira, fogão e freezer.

Suspeitos ainda não foram localizados e Polícia Civil investiga o caso.

Fonte: Correio do Estado

Motorista disse que ganharia R$ 10 mil pelo transporte da droga

A Polícia Federal (PF) e a Polícia Militar (PM) apreenderam ontem quatro toneladas de maconha em Ponta Porã. A droga estava escondida numa carreta, em meio a carga de aveia, e foi apreendida durante patrulhamento de rotina no posto da rodovia MS-164. O motorista foi preso.

De acordo com a PF, os policiais abordaram o caminhão de placas MPW-3101, que tracionava o reboque de placas HQN-8802. Questionado pelos policiais, o motorista confessou o transporte da droga, após os policiais retirarem a lona da carreta e sentirem cheiro forte de maconha em meio à carga de aveia.

O motorista da carreta disse que ganharia R$ 10 mil pelo transporte da droga. Ele responderá por tráfico de drogas e encontra-se à disposição da Justiça.

Fonte: Correio do Estado

A PMR (Polícia Militar Rodoviária) de Amandina realizou a prisão de um jovem, de 21 anos, por uso de documentos falsos. A ação aconteceu no início da tarde desta quarta-feira (22) durante fiscalização de rotina na MS-276 em frente à base operacional.

Segundo as informações o detido estava dirigindo uma GM/S 10 Advantage, de cor preta, com suspeita de adulteração em sinal identificador. Ao passar em frente à base, ele desobedeceu a ordem de parada para a fiscalização e empreendeu fuga em alta velocidade pela rodovia seguindo sentido a Ivinhema.

Saindo no encalço do suspeito, a PMR contou com o apoio da Polícia Militar do Distrito de Amandina para interceptar o veículo que, ao chegar nas imediações do distrito, perdeu o controle vindo a colidir em um poste da rede elétrica, seguido de capotamento.

O veículo ficou parcialmente destruído com a colisão e o condutor nada sofreu. No ato de sua prisão, o condutor apresentou documentos falsos, o que foi constatado durante checagem aos sistemas de informações policiais, bem como foi constatado os indícios de adulteração.

No interior do veículo havia quatro pares diferentes de placas. A ocorrência foi registrada no 1° DP/Distrito Policial de Ivinhema juntamente com a apresentação do autor e o veículo para as devidas providências.

Fonte: Vale do Ivinhema

Salvar

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top