Redação

Ventos causaram muita destruição em várias cidades portuguesas; Recomendação é que a população fique longe de praias

Na manhã deste domingo (14) a tempestade Leslie atingiu Portugal e causou grandes estragos. Segundo jornais locais, há mais de 1.900 ocorrências reportadas às autoridades. Não há notícias de mortos até o momento, mas existem 27 feridos e mais de 60 pessoas desalojadas. A maior parte dos estragos aconteceu em Coimbra.

A tempestade chegou com ventos de mais de 180 km/h, segundo conta o Correio da Manhã (jornal local), e derrubou muitas árvores, além de provocar quedas de estruturas. Mais de 300 mil pessoas estão sem energia elétrica.

Segundo a proteção civil, a pior parte do furacão já passou, mas a recomendação é que a população mantenha-se afastada das praias neste domingo e também que não fique próxima a áreas arborizadas, já que muitas ainda correm o risco de cair.

Além do distrito de Coimbra, segundo o Diário de Notícias, também foram afetadas outras regiões, como Aveiro, Leiria, Viseu, Lisboa e Porto.

Fonte: R7

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, disse neste sábado, 13, que concorda em ir a debates “sem interferência externa”, referindo-se à suposta influência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na campanha de Fernando Haddad (PT). Ele afirmou ainda que num governo Haddad quem escolheria os ministros seria Lula.

“Se for debate só eu e ele (Haddad), sem interferência externa (de Lula), eu topo comparecer. Estou pronto para debater; tem de ser sem participação de terceiros”, disse, em meio a uma gravação de programas eleitoral na casa do empresário Paulo Marinho, no Jardim Botânico, bairro da Zona Sul do Rio.

“(Se Haddad vencer), quem vai escalar time de ministros será o Lula. Não adianta (ele) ter boas propostas se vai ter indicação política”, continuou. “O mais importante é ter independência para escalar um time de ministros componentes.”

Ao ser questionado sobre projetos para a saúde, Bolsonaro declarou que o mais importante para que a população tenha saúde é que tenha, antes de tudo, emprego. Disse ainda que é preciso “combater a corrupção para aplicar os recursos” e que o ministro da pasta tem que ter “amor” pela área.

Perguntado sobre sua maior preocupação neste segundo turno, afirmou serem as supostas “falhas” ocorridas no primeiro turno no processo eleitoral. “Teve uma enxurrada de reclamações. O Tribunal Superior Eleitoral tem que tomar providências”.

Fonte: MSN

Deputado federal eleito e presidente do PDT, Dagoberto Nogueira afirmou neste sábado (13) ao Jornal Midiamax que ‘pessoas em torno do Odilon estão criando problemas e dificuldades’, após o candidato anunciar o afastamento de João Leite Schimidt da coordenação do partido. O afastamento de Schimidt aconteceu dias após o anúncio da aliança com o MDB.

“Acontece que o Juiz acredita que para coordenar a campanha tem que ficar andando ao lado dele o tempo todo. E para coordenar campanha não precisa disso”, afirmou, admitindo que pessoas ligadas ao juiz estariam influenciando na decisão dele de definir os próximos passos da campanha neste segundo turno.

O deputado acrescentou que uma reunião será realizada na segunda-feira para definir a questão, negando suposições de que a crise dentro da sigla abriria espaço para que ele apoiasse o candidato tucano Reinaldo Azambuja (PSDB).

 

Dagoberto nega ter se afastado de Odilon. “Não existe isso de apoiar o Reinaldo. “Nós vamos resolver as coisas na reunião da segunda-feira. Vamos ajustar o que cabe a cada um fazer, incluindo o papel do MDB”, ponderou.

Com apoio, a equipe de campanha do candidato Junior Mochi deverá reforçar o segundo turno. “Vão nos apoiar, ajudando na coordenação da campanha. Mas ainda não tem um papel definido. Tudo será discutido durante esta semana”, finalizou.

Fonte: Midiamax

Animal foi socorro para o Centro de Controle de Zoonoses

Uma equipe de policiais da PMA (Polícia Militar Ambiental) de Batayporã foi acionada na sexta-feira (12) pelo órgão de imprensa de Nova Andradina, para proceder o resgate de um cachorro que estaria sofrendo maus-tratos, no bairro Pedro Pedrossian, na região do Parque de Exposição. Pessoas telefonaram ao jornal, informando que o cachorro foi abandonado no local e estaria muito doente.

A PMA foi ao local e verificou que o cachorro sem raça definida estava extremamente debilitado, pois estava sem água, alimento e doente. O animal foi encaminhado ao CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), para ser atendido. A equipe iniciou trabalhos, no sentido de localizar quem havia abandonado o animal.

Ainda no mesmo dia, uma pessoa ligou no jornal e informou que o cachorro havia sido socorrido na rua por vizinhos do bairro onde estava abandonado. Elas adquiriram remédios, alimento, porém, o animal piorou de saúde e uma pessoa encarregou-se de levá-lo ao CCZ, porém, sem que ninguém soubesse, abandonou o animal. As pessoas que cuidaram do bicho ficaram sabendo pela imprensa sobre o abandono.

No sábado (13), a PMA localizou o infrator de 53 anos, residente em Nova Andradina, e ele foi autuado administrativamente e multado em R$ 500. O autuado também responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais.

Fonte:Jornal da Nova

O 3 a 0 sobre o Corinthians fora de casa fez o torcedor do Flamengo voltar a sonhar há uma semana. O placar se repetiu na tarde deste sábado, dessa vez em um clássico Fla-Flu, no Maracanã, com ótima atuação ofensiva e dois gols do colombiano Fernando Uribe. A vitória deixa o time em segundo lugar na tabela do Campeonato Brasileiro, com 55 pontos, um a menos do que o Palmeiras — que recebe o Grêmio hoje, às 16h, em São Paulo.

— A gente precisava de uma jogo assim: ganhar confiança no Maracanã. Estou feliz porque foi uma partida importante para brigar pelo campeonato — disse Uribe ao fim do jogo.


Hoje, o rubro-negro pode ser ultrapassado pelo Internacional (53 pontos, em 3º), que recebe o São Paulo (52, 4º), às 16h, no Beira-Rio. Caso vença, o tricolor paulista se igualaria ao Flamengo em pontos, mas seguirá atrás na tabela por ter menos vitórias (14 x 16). Para o Fluminense, que nutria esperanças de vencer para se aproximar do G-6, a derrota deixou o time ainda mais longe da zona de classificação para a Libertadores.

Domínio da bola

O time de Dorival Júnior era melhor sob qualquer perspectiva no primeiro tempo. O time terminou o primeiro tempo com 63% da posse de bola, melhor acerto nos passes (84% x 79%) e arriscava muito mais chutes. Foram 11 contra apenas cinco do tricolor no período.

A bola circulava buscando Vitinho pela esquerda — aproveitando-se da improvisação de Mateus Norton pelo setor —e Éverton Ribeiro pela direita. O volante Willian Arão teve uma ótima participação no primeiro tempo aproveitando-se do recuo tricolor para dentro da área. Tivesse melhor pontaria, poderia ter balançado a rede em uma das três chances que teve. Em um cruzamento de Vitinho, o colombiano Uribe conseguiu desviar de cabeça entre dois zagueiros. A bola ainda resvalou em Digão antes de entrar aos 10 minutos .

A chance que o Fluminense teve aconteceu aos quatro minutos de jogo, quando Luciano, em um contra-ataque, arriscou de longe. César defendeu em dois tempos. Nervoso e desorganizado, o time apostava em chutões de longe o que dificultava a organização no meio-campo. A consequência é que a bola rapidamente era recuperada pelo adversário.

Lucas Paquetá fazia uma partida sem firulas. Objetivo, ajudava a bola a circular, enervando ainda mais os adversários e aproveitando-se dos espaços. O tricolor já contava os segundos para a ida ao vestiário quando o Flamengo marcou seu segundo gol. Em escanteio cobrado por Vitinho, Léo Duarte subiu para cabecear no canto direito, rente à trave de Júlio César, e ampliar. No intervalo, o zagueiro rubro-negro brincou:

— A noite inteira vinha sofrendo de mal-estar. Fico feliz de ter feito o gol. Acho que deu certo. Essa virose tá me ajudando.

Para tentar corrigir um dos problemas da equipe, Marcelo Oliveira substituiu Mateus Norton, e colocou o jovem Daniel na equipe. Com Jadson passando a atuar na lateral-direita, a ideia era dar um fôlego novo ao setor ofensivo tricolor. Mas demorou pouco para o time ser punido mais uma vez.

Aos 3 minutos, numa trapalhada de Júlio César em tentativa de lançamento no campo de defesa, o Flamengo ficou com a bola, que sobrou para Paquetá chutar. Digão tentou cortar de cabeça, mas a bola sobrou com Uribe, que ainda dividiu com Júlio César antes de marcar. Foi o terceiro gol dele com a camisa rubro-negra.

Com a larga vantagem, o Flamengo passou a diminuir o ritmo. Aos 20, Réver sentiu dores na coxa esquerda e foi substituído por Rhodolfo. No melhor lance do Fluminense em todo o jogo, o goleiro César apareceu bem ao fazer defesa em cabeceio de Ayrton Lucas.

Detidos antes do jogo

Antes da partida, nos arredores do Maracanã, membros de torcidas organizadas entraram em confronto. Imagens das brigas filmadas por moradores da região circularam nas redes sociais. Oito torcedores foram detidos pela Polícia Militar.

Fonte: Extra.globo

Pagina 6 de 1047

Salvar

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top