Redação

Paulo Lopes Sérgio Gonçalves, 46 anos, morreu na noite desse sábado (18) após a moto em que pilotava ser atingida por um veículo Gol City. O acidente ocorreu na BR-463 em Dourados, cidade distante a 230 quilômetros de Campo Grande.

Conforme informações do boletim de ocorrência, por volta das 19h50, o carro conduzido por um homem de 33 anos transitava pela rodovia sentido Ponta Porã/Dourados quando bateu na motocicleta Honda Titan, que atravessava a rodovia.

O condutor do carro contou que a vítima estava com os faróis apagados, o que dificultou sua visão. Com o impacto da batida, Paulo foi arremessado para o acostamento, enquanto a moto foi parar na vegetação as margens da rodovia.

O caso foi registrado como morte a esclarecer pela Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Dourados.

Fonte: Midiamax

Para sair da zona de rebaixamento, o Vitória precisa ser superior ao Palmeiras de Felipão

A 19ª rodada do Brasileirão terá sete jogos neste domingo (19). Internacional e São Paulo brigam pela liderança do campeonato. Para sair da zona de rebaixamento, o Vitória precisa ser superior ao Palmeiras de Felipão. O Vasco, por sua vez, que joga somente nesta segunda-feira (20), também tem que marcar os três pontos para não entrar no Z-4.

Nos duelos desse sábado (18), o Sport levou uma goleada do Santos e perdeu de 3 a 0. O Corinthians foi derrotado em casa pelo Grêmio por 1 a 0. Confira abaixo as partidas deste domingo:

CAP x Flamento - às 11h, na Arena da Baixada

Inter x Paraná - às 11h, no Beira-Rio

Cruzeiro x Bahia - às 16h, no Mineirão

Vitória x Palmeiras - às 16h, no Barradão

Botafogo x CAM - às 16h, no Engenhão

AME x Fluminense - às 19h, no Independência

São Paulo x Chapecoense - às 19h, no Morumbi

Fonte: Noticias ao minuto

 

 

Acidente foi na madrugada de quinta-feira (16); Samu 192 e PM atenderam a ocorrência

Um gari ficou ferido na madrugada de quinta-feira (16), após ser atropelado por um motociclista na avenida Antônio Joaquim de Moura Andrade, esquina com a rua Da Saudade, centro de Nova Andradina. Vítima e condutor foram para o Hospital Regional e motociclista acabou preso por dirigir embriagado.

Conforme apuração do Jornal da Nova, por volta das 4h15, o gari estava recolhendo o lixo na Moura Andrade, quando o motociclista que descia a avenida sentido ao centro, acabou atropelando a vítima.

Com o impacto, ambos foram ao solo sofrendo ferimentos. O gari foi socorrido ferido por equipe do Samu 192 até ao Hospital Regional, mas motociclista recusou atendimento médico e permaneceu no local até a chegada da Polícia Militar.

Ao retornar para a base do Samu 192, a equipe foi solicitada pela PM para atender o motociclista que se queixava de dores e foi encaminhado para a unidade hospitalar, após atendimento e avaliação médica, foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil onde o flagrante foi lavrado. Pagou fiança e foi liberado.

A reportagem também apurou que o gari passa bem e teve quatro pontos na cabeça devido o impacto.

Fonte: Jornal da Nova

As temperaturas caem, principalmente no oeste e sul do estado de acordo com Inmet

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê a chegada de outra frente fria em Mato Grosso do Sul. De acordo com o Inmet, o frio deve chegar na segunda-feira (20) no oeste e sul do estado.

Em Ponta-Porã os termômetros devem marcar na segunda-feira, mínima de 11ºC e máxima de 22ºC. Na terça-feira (21) a temperatura cai ainda mais de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, podendo chegar a 9ºC. No período da tarde o tempo deve melhorar, mas a previsão é de 18ºC para a máxima.

Na capital a temperatura também cai no início da semana. A previsão para a segunda-feira é de céu parcialmente nublado com mínima de 16ºC e máxima de 28ºC. Na terça feira o frio chega com mais intensidade em Campo Grande. A temperatura deve variar entre 12ºC e 26ºC.

Fonte: Midiamax

Vítima foi morta após trocar agressões com o capataz de uma fazenda

Por falta de estrutura da polícia, o corpo de Geraldo Maciel Ferreira, de 60 anos, ficou por uma semana apodrecendo em pasto na fazenda São Gabriel, localizada na região do Pantanal de Corumbá. Ele foi morto a tiros pelo capataz da propriedade no sábado passado, durante briga. No entanto, somente neste final de semana teve o corpo recolhido. Isso aconteceu porque o local é de difícil acesso e os investigadores da Polícia Civil de Corumbá só poderiam chegar lá de avião. No entanto, por Coxim seria possível chegar por terra, desde que houvesse veículo com tração adequada, contudo, nenhuma das unidades tem.

O delegado Sam Ricardo Suzumura, da 1º Delegacia de Polícia Civil de Corumbá, esclareceu ao Correio do Estado como tudo aconteceu. Segundo ele, as equipes foram informados sobre a morte no sábado. Porém, como não havia aeronave disponível e nem viatura traçada para se deslocar por Coxim, foi preciso esperar até domingo, quando o dono da fazenda, que estava em outra cidade, fretou um avião para as buscas. Sem saber detalhes do crime, o fazendeiro pediu para que os policiais fossem à propriedade e conversassem com o capataz, que saberia onde a vítima estava.

“A gente desceu com a equipe da funerária em uma fazenda vizinha, mas não informaram que era preciso uma caminhonete para chegar à propriedade onde os fatos ocorreram. Então pegamos uma caminhonete nesta primeira fazenda e fomos até a propriedade onde o caseiro iria nos esperar. Mas ele não estava lá. Foi então que descobrimos que teria fugido, porque teria matado a vítima”, disse. Sem referência, os policiais e a funerária tiveram que voltar sem o corpo, pois o avião fretado tinha hora para partir.

O fazendeiro foi informado sobre a situação e disse que na terça-feira estaria em Corumbá, mas só chegou na quinta-feira. “Até onde sei, ele ofereceu uma caminhonete com tração para que a equipe de Coxim fosse buscar o corpo. Como não havíamos registrado boletim de ocorrência ainda, pois não havia informações concretas, encaminhei o caso para a direção da Polícia Civil”, explicou. A equipe de reportagem falou com investigador de Coxim neste sábado, que relatou que as equipes foram hoje buscar a vítima. Uma equipe de peritos de Campo Grande auxilia na investigação.

Ainda conforme apurado, o capataz suspeito do homicídio se apresentou em Coxim. A versão é de que a vítima teria aparecido na fazenda e pedido para repousar. No dia seguinte quis matar uma vaca, mas diante da recusa do capataz, sacou uma e atirou duas vezes, atingindo o funcionário que reagiu, o desarmou e o matou a tiros.

Fonte: Correio do Estado

Pagina 6 de 956

Salvar

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top