Redação

Parte do asfalto da MS 475 próximo da granja em Novo Horizonte do Sul, cedeu e um carro caiu na cratera que se formou no local na noite desta quinta-feira (18). Pista esta interditada.

A cratera se formou por conta de uma forte chuva que atingiu o município de Novo Horizonte do Sul. No veiculo havia duas pessoas.

O corpo de bombeiro de Ivinhema foi acionada para retirar um dos ocupante do veiculo, apesar do susto sofreu apenas algumas escoriações pelo corpo, já o motorista saiu do veiculo após o acidente sem que nada tenha sofrido.

Ainda não há uma informação concreta se a cratera se formou quando o carro passava pela rodovia ou se o motorista não viu o imenso buraco e caiu dentro dele.

No mesmo local, no dia 05 de fevereiro de 2016 ficou interditada por vários dias onde uma cratera se formou na estrada após três linhas de tubulação se romperem por causa das fortes chuvas.

No trecho no qual o asfalto cedeu já havia sido recuperado em 2016.

Fonte: ValemsNews

A chuva que veio acompanhada de fortes raios, ocorrida por volta das 16h30 na tarde de terça feira (09), causou alguns estragos na cidade de Novo Horizonte do Sul.

Algumas casas ficaram parcialmente destelhadas, antenas de TV foram atingidas, algumas fachadas de comércios sofreram avarias e até equipamentos eletrônicos foram avariados devido à força das descargas elétricas que pegaram todos de surpresa.

A antena que distribui sinal de internet e telefone da operadora Oi foi atingida por um raio, deixando centenas de internautas sem acesso à rede desde o dia 09/01/2018 até o meio do dia de quarta feira (17/01/2018).

Membros da operadora Oi, em diálogo com moradores locais, declararam que o longo período de 9 dias sem fornecimento de internet foi necessário para reparar danos ocorridos na antena de distribuição do sinal, que é a única que abastece a cidade.

Num tempo em que a internet é considerada necessária para praticar diversos atos da vida cotidiana, a ausência de fornecimento pelo período de 9 dias causou impactos negativos na vida de muitos residentes nessa cidade.

É preciso quitar pelo menos um dos pagamentos pendentes entre janeiro de 2015 e dezembro de 2017 e preencher as declarações dos anos de 2015 e 2016

Todos os Microempreendedores Individuais (MEI) que não fizeram nenhum pagamento dos tributos nos três últimos anos e também não estão em dia com as Declarações Anuais do Simples Nacional (DASN-SIMEI) poderão ter o Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) cancelado a partir de terça-feira, 23.

O prazo final para regularização acaba na segunda-feira, 22. Até lá, é preciso quitar pelo menos um dos pagamentos pendentes entre janeiro de 2015 e dezembro de 2017 e preencher as declarações dos anos de 2015 e 2016.

"As baixas dos CNPJs foram aprovadas pelo Comitê para Gestão da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (CGSIM), vinculado à Secretaria Especial da Micro e Pequena Empresa, de acordo com a legislação como forma de excluir os cadastros inativos", explica o Sebrae em nota.

Para quem perdeu o prazo dos pagamentos, haverá juros de 1% ao mês acrescido da taxa Selic - fixada em 7% ao ano -, além multa de 0,33% ao dia, limitado a 20% do valor a ser pago. Também é possível solicitar parcelamento da dívida no site do Simples Nacional.

Aos que não entregaram a DASN, a multa é um pouco mais alta, com valor mínimo de R$ 50 por documento não enviado.

Empreendedores com CNPJ cancelado ficam proibidos de reativar o cadastro e passam a ser considerados informais caso continuem exercendo atividade econômica e emitindo notas fiscais. "Se isso ocorrer, o empreendedor deverá passar novamente por todo o processo de formalização para que seja gerado um novo CNPJ. Além disso, poderá ter seu nome incluído na dívida ativa, ou seja, a dívida ficará em seu CPF e poderá ter dificuldades para realizar empréstimo, emitir certidões negativas e até mesmo abrir outra empresa", alerta o Sebrae em nota.

Estadão Conteúdo

Uma parceria entre a Prefeitura de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, irá disponibilizar a realização de exames de preventivos e mamografias para mulheres do município de Novo Horizonte do Sul.

Os atendimentos serão feitos entre os dias 19 e 23 de março de 2018, através da Carreta do Hospital de Amor, anteriormente conhecido como Hospital de Câncer de Barretos.

Para as mulheres com faixa etária entre 25 e 64 anos, será disponibilizado o exame preventivo. Já a mamografia, será destinada para mulheres com idade entre 40 e 69 anos.

Vale destacar que para a realização dos exames, os interessados devem, obrigatoriamente, procurar o ESF do município até o próximo dia 20 de fevereiro, para a triagem.

As vagas são limitadas e para garantir a sua procure a Unidade Básica de Saúde a partir do dia 08 de janeiro de 2018.

É necessário levar as seguintes cópias (por exame):

- RG;

- CPF;

- Cartão SUS;

- Comprovante de Residência;

Os exames serão realizados através da Carreta do Hospital do Amor, que ficará estacionada em frente à UBS (Unidade Básica de Saúde).

Fonte: pmnhs

O Detran-MS ressalta que a CNH-e só pode ser gerada para quem tem a última versão da CNH impressa, que conta com um QR Code na parte interna

Condutores sul-mato-grossenses podem acessar a partir desta quarta-feira (17.1) a versão digital da Carteira Nacional de Habilitação (CNH-e). O serviço funciona por meio de um aplicativo gratuito, que pode ser baixado pelo Play Store e pela App Store.

De acordo com o diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS), Roberto Hashioka, a CNH-e tem o mesmo valor do documento impresso e não implicará em custos para o usuário. “A CNH-e armazena todas as informações da carteira impressa, garantindo a autenticidade do documento. Praticidade, segurança e comodidade para o condutor são algumas das vantagens da versão digital, cujo valor jurídico é o mesmo do documento impresso”, afirma.

O Detran-MS ressalta que a CNH-e só pode ser gerada para quem tem a última versão da CNH impressa, que conta com um QR Code na parte interna. O código está disponível nos documentos de habilitação emitidos a partir de 02 de maio de 2017.

Porém, caso o usuário deseje o documento digital e não possua a última versão da CNH, o mesmo deverá antecipar a renovação ou solicitar uma segunda via, nestes casos específicos é necessário pagar as taxas do órgão.

A versão impressa continuará sendo emitida normalmente, mas o condutor poderá dirigir apenas com a CNH-e. Nesse caso, deverá atentar para o funcionamento de seu smartphone, já que, para efeitos de fiscalização, se o aparelho estiver descarregado, será considerado que a CNH não está sendo portada. O condutor será autuado com base no artigo 232 (conduzir veículo sem os documentos de porte obrigatório), uma infração leve que prevê multa de R$ 88,38, três pontos na CNH e retenção do veículo até a apresentação do documento.

A CNH-e é acessível offline, sem necessidade de conexão wi-fi ou dados móveis habilitados.

Como obter a CNH Digital

Para quem tem a CNH com QR Code:

1- Se possuir um assinador digital (*), pode acessar o Portal de Serviços do Denatran e cadastrar os dados.

2- Se não possuir um assinador digital e o e-mail e o telefone celular não estejam atualizados no cadastro da habilitação, o condutor deverá se dirigir a uma Agência do Detran e solicitar a inclusão ou atualização desses dados e depois acessar o Portal de Serviços do Denatran e cadastrar os dados.

3- Após o cadastro ser efetuado no Portal de Serviços do Denatran, ir ao Menu “CNH Digital” e clicar em “Ativação”, para receber um e-mail com o código de validação.

4- Baixar o aplicativo “CNH Digital”. O primeiro acesso será com o código de autenticação/validação, para gerar uma nova senha com quatro dígitos.

Para quem tem a CNH sem QR Code:

1- Caso a CNH tenha sido emitida antes de 02 de maio de 2017, o condutor deverá requerer uma nova via da CNH impressa, com custos, atualizando o número de celular e endereço de e-mail.

2- Acessar o Portal de Serviços do Denatran e cadastrar seus dados.

3- Após o cadastro ser efetuado no Portal de Serviços do Denatran, ir para o “Menu CNH Digital”, em seguida clicar em “Ativação” e irá receber o e-mail com o código de autenticação/validação.

4- Baixar o aplicativo “CNH Digital”. O primeiro acesso será com o código de autenticação/validação e para gerar uma nova senha com quatro dígitos

(*) Assinador digital com validade jurídica, equivalente a assinatura de próprio punho. O certificado para assinatura digital de documentos pode ser adquirido através de uma Autoridade de Certificação (AC) vinculada ao ICP Brasil. Exemplos de ACs vinculadas habilitadas: Secretaria da Receita Federal, Serasa, Certisign, Caixa Econômica, Presidência da República. Não é obrigatório a aquisição de certificado digital apenas para obtenção da CNH-e.

Para melhor entendimento sobre o processo e os recursos da CNH Digital, foi disponibilizado um tutorial visual, com o passo a passo para a ativação e utilização da CNH Digital. Clique aqui. (https://demonstra.serpro.gov.br/tutoriais/cnh_digital/html/)

Fonte: A critica

Pagina 1 de 517

Salvar

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top