Redação

Na manhã da ultima sexta-feira (17), por volta das 8 horas, uma mulher de 61 anos ficou inconsciente e acabou falecendo depois de sofrer um acidente em casa, na Avenida das Bandeiras, Vila Carvalho. Ela estava deitada na rede quando a viga de concreto que a sustentava cedeu, caindo sobre a vítima com uma espécie de pergolado feita com um pé de maracujá. A

mulher, identificada como Selma Dobes Bacargi, estava deitada na varanda que fica nos fundos da casa, em uma rede. A rede ficava amarrada na viga de concreto, que também sustentava o pergolado com o pé de maracujá. Em determinado momento, a viga cedeu e quebrou, caindo sobre a mulher junto com o pé de maracujá.

A neta de criação da mulher, de aproximadamente 6 anos, ouviu o barulho e gritou pela mãe, que pediu socorro aos vizinhos. Corpo de Bombeiros foi acionado e a mulher foi retirada debaixo dos escombros. Ela tinha sido assaltada há aproximadamente um mês, quando foi derrubada no chão, e por conta disso estava usando um colar cervical, que pode ter amenizado a lesão.

Na viatura dos bombeiros, a mulher foi atendida por uma viatura do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) pois teria sofrido uma parada cardiorrespiratória. Os socorristas tentaram reanimar Selma, mas ela não resistiu e morreu no local. Segundo o tenente Henrique Falcão, dos bombeiros, não foi identificada lesão aparente que pudesse apontar a causa da morte.

Perícia deve ser acionada para ir ao local e o caso registrado na delegacia da região. (Oliberal News)

 

Dois pescadores encontraram uma sucuri de mais de seis metros morta no Rio Ivinhema, na região de Angélica, o réptil morreu enroscado em uma rede de pesca, utensílio proibido em Mato Grosso do Sul.

Segundo o empresário Eric Galassi, de 40 anos, nesse domingo (19), ele e o cunhado Denis Filla, de 31 anos, saíram cedo para pescar e viram a sucuri na água. Ele diz que o tamanho do réptil chamou a atenção e ao se aproximarem perceberam que o animal estava morto.

"Tenho um rancho próximo de Angélica e eu e meu cunhado decidimos pescar ontem de manhã e quando colocamos o barco na água, vimos a cobra. Ela era muito grande, maior que o meu barco que tem seis metros. Nos aproximamos e já sentimos o mau cheiro porque ela estava apodrecendo. Tentamos tirá-la da água e percebermos que ela estava presa em uma rede de pesca", relata. (Jornal da Nova)

Azambuja disse hoje que não acredita em suspensão de compra

A Operação Carne Fraca, que investiga um esquema de corrupção na fiscalização de frigoríficos, já repercute no comércio exterior. Na manhã desta segunda (20) o governo da Coreia do Sul anunciou que vai aumentar a fiscalização sobre a carne de frango importada do Brasil e que vai suspender temporariamente as vendas de produtos de frango da BRF, maior produtora de carne da ave do mundo. O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, disse nesta manhã que não acreditava na suspensão de compra da carne do Estado pela China.

O Brasil é o maior fornecedor de carne de frango para a Coreia do Sul. Segundo a agência de notícias Reuters, mais de 80% das 107.400 toneladas importadas pelo país asiático em 2016 vieram do Brasil. Quase metade disso foi vendida pela BRF, que diz que não ainda foi notificada da decisão.

Ainda de acordo com a Reuters, a China também suspendeu temporariamente as importações de carne brasileira desde domingo (19).

Na Europa a situação também é delicada. A Comissão Europeia afirmou nesta segunda (20), em coletiva de imprensa, que está monitorando as importações de carne brasileira e que as empresas envolvidas na Operação Carne Fraca podem ter o acesso ao mercado da União Europeia suspenso.

Na América do Sul, o Ministério da Agricultura do Chile também anunciou que vai barrar temporariamente importações de carne do Brasil.

REAÇÃO

O ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) criticou a PF por "erros técnicos" cometidos na Operação Carne Fraca, que levou o presidente Temer a convocar uma reunião de emergência no Palácio do Planalto neste domingo (19).

O governo tentou minimizar o caso e rebater os argumentos técnicos da PF. Três pontos foram contestados: o uso de ácido considerado cancerígeno na mistura de alimentos, a utilização de papelão em lotes de frango e de carne de cabeça de porco.

NO ESTADO

Questionado nesta manhã sobre a possibilidade de suspensão da importação, principalmente pelo fato da China ser grande compradora da carne sul-mato-grandense, o governador afirmou que não acredita na suspensão em razão de reunião feita ontem entre o presidente Michel Temer e embaixadores dos países que compram carne brasileira.

“No devido tempo vamos mostrar ao mundo a qualidade da carne de Mato Grosso do Sul. Essa pirotecnia é que cria os problemas. A gente precisa de cautela e serenidade. Temos preocupação enorme com a questão da sanidade e qualidade no rebanho e plantas frigoríficas, não tenho dúvida da nossa qualidade. Vamos corrigir essas distorções e essa pirotecnia”, afirmou o governador. (Correio do Estado)

A Vereadora Professora Lucineia, autora da indicação nº 030/2017, solicitou reparos nas placas de identificação com referidos nomes de Avenidas e Ruas de todo perimetro urbano de Novo Horizonte do Sul.


Segundo a vereadora, "as placas de identificação do nosso município necessitam de reparos, pois algumas estão quebradas e outras nem existem mais, então peço ao Excelentíssimo Senhor Prefeito Municipal para que seja tomada providências em relação aos reparos, porque além de ajudar na localização, contribuirá na organização do município."

 

Outra Indicação apresentada pela Vereadora Lucineia e que seja disponibilizado um local para a biblioteca cidadã.

A biblioteca cidadã e de suma importância ao nosso município pois muitos livros estão sendo extraviados e jogados ao lixo, livros estes que poderá ser usado para pesquisas, uma biblioteca cidadã motivara e promovera a inclusão cultural e intelectual dos alunos e pessoas quanto a leitura pro prazer e suas especializações, argumentou a vereadora.

Está formado mais um paredão triplo do “BBB17”. Desta vez, a disputa por voto do público para continuar na casa mais vigiada do Brasil está entre Marcos, Rômulo e Ieda. A primeira pessoa a indicar foi Ilmar, o líder, que mandou Rômulo para berlinda.


Ao invés de irem para o confessionário, os participantes foram surpreendidos com a votação aberta, na sala da casa. Marinalva, que ganhou o direito de indicar alguém ao paredão, após ganhar um quiz sobre Elettra, colocou um alvo em Marcos. O médico, por sua vez, evitou que Emily, tão visada, fosse votada, ao dar o anjo para ex-namorada. Através dele, Ieda começou a seguir o caminho para ser a terceira emparedada. A ‘mama’ recebeu cinco votos dos companheiros de reality. (Extra)

 

Salvar

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top