Redação

Goleiro vascaíno defendeu três cobranças

Em uma decisão dramática, o Vasco garantiu a classificação para a fase de grupos da Copa Libertadores da América ao superar o Jorge Wilstermann, nos pênaltis, por 3 a 2, depois de ser derrotado por 4 a 0 no tempo normal, na noite desta quarta-feira, em Sucre.

O goleiro Martín Silva foi o grande nome do jogo ao defender três cobranças de pênaltis. Rios, Pikachu e Wellington marcaram para o Vasco, enquanto Desábato e Rildo desperdiçaram as suas cobranças. Pelo lado boliviano, Lucas Gaúcho, Meleán e Alex Silva tiveram seus chutes defendidos pelo arqueiro uruguaio, que deixou o campo muito festejado pelos companheiros.

O Vasco fez uma partida muito ruim, sentiu os efeitos da altitude e sofreu três gols em 16 minutos. Melhorou no segundo tempo, mas levou o quarto gol, que levou a decisão para a disputa de penalidades, uma vez que o resultado do primeiro jogo foi repetido a favor do Wilstermann. O time de São Januário está classificado para o grupo 5 da Copa Libertadores, tido como a "chave da morte", que conta com Cruzeiro, Universidad de Chile e Racing, da Argentina.

O JOGO

Precisando desesperadamente gols para tentar descontar a vantagem do Vasco, o Jorge Wilstermann partiu para a pressão desde o início da partida. E, logo aos cinco minutos, a equipe boliviana marcou o primeiro. Serginho cruzou da direita, e Zenteno cabeceou para colocar a bola nas redes. O time brasileiro deu a saída, perdeu a bola e logo sofreu o segundo gol, um minuto depois do primeiro, em cabeçada de Pedriel, sem chances para Martín Silva.

Muito nervoso, o Vasco tentou se organizar em campo, mas o Wilstermann não dava espaços para a equipe carioca respirar. Aos 14 minutos, após boa troca de passes entre os atacantes, a bola sobrou para Chávez mandar a bomba. Um minuto depois, o time carioca escapou de sofrer o terceiro em cruzamento do próprio Chavéz.

Aos 16 minutos, não houve jeito – o time da casa marcou o terceiro gol. Chávez foi lançado na área, livrou-se de Ricardo e bateu para colocar nas redes e levar a torcida boliviana ao delírio.

Só depois de sofrer o terceiro gol que o Vasco conseguiu chegar à área. Evander chutou forte, e o goleiro Giménez fez grande defesa em dois tempos.

Aos 20 minutos, a pressão do Jorge Wilstermann quase se transformou em gol quando o zagueiro Paulão tentou desviar um cruzamento e não marcou contra por pouco.

O time carioca continuava a mostrar muito nervosismo com o início desastroso e não conseguia prender a bola no campo de ataque, enquanto a equipe da casa seguia martelando em busca do quarto gol. Aos 32 minutos, após cobrança de escanteio, Centeno desviou de cabeça e Pedriel chegou atrasado para concluir. Logo depois, Serginho chutou para boa defesa de Martín Silva.

O Vasco voltou com uma disposição diferente no segundo tempo. Ao contrário do que aconteceu no início da partida, quando parecia incapaz de resistir aos avanços do adversário, o time carioca passou a atuar no campo do adversário, tentando reduzir a vantagem. Aos três minutos, Henrique fez ótimo cruzamento, e o goleiro Giménez saiu mal, mas Paulinho chegou atrasado e não conseguiu aproveitar o vacilo. Aos oito minutos, Evander recebeu dentro da área e tentou colocar no ângulo, mas acabou errando e mandando para fora.

Aos 13 minutos, Serginho arrancou pelo meio e levantou a bola para a entrada de Álvarez, mas Paulão conseguiu fazer o corte e aliviar o perigo. Logo depois, o mesmo Serginho cruzou, e Lucas Gaúcho cabeceou para fora.

O atacante Rildo entrou no lugar de Wagner e, no seu primeiro lance, fez boa jogada pela esquerda, só parando no goleiro Giménez, que saiu bem e fechou o ângulo. Aos 24 minutos, após boa jogada iniciada por Galhardo, com ótimo lançamento para Rildo, a bola acabou com Desábato, que mandou para fora.

Aos 25 minutos, o Jorge Wilstermann marcou o quarto gol. Serginho bateu falta na área, e Zenteno se antecipou aos zagueiros para cabecear e fazer a festa da equipe da Bolívia.

Aos 34 minutos, Galhardo foi derrubado em cima da linha da grande área, mas o árbitro marcou a falta fora da área, não assinalando o pênalti. Na cobrança, Pikachu encobriu o travessão.

O time da casa respondeu com uma bomba de Meleán, que Martín Silva espalmou para escanteio. Aos 38 minutos, Galhardo e Serginho se desentenderam, e o jogador brasileiro recebeu o cartão vermelho ao atirar a bola na cabeça do atleta da equipe boliviana.

Aos 41 minutos, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Alex Silva, livre na pequena área, e o zagueiro brasileiro isolou, desperdiçando uma grande chance para liquidar a fatura.

Aos 44, foi a vez de Lucas Gaúcho arriscar da entrada da área e mandar por cima, no último lance importante do jogo com a bola rolando. Nos pênaltis, Martín Silva entrou em cena para salvar o Vasco.

Fonte: Folhapress

No Bairro Santa Maria, em Coxim

Uma cratera no asfalto “engoliu” um Fiat Strada na na tarde desta terça-feira (20), no Bairro Santa Maria, em Coxim, cidade a 242 quilômetros de Campo Grande.

O engenheiro agrônomo Hulgo Iosmiagui, de 32 anos, disse ao site Edição MS, que saía de sua casa e, ao entrar na Rua Arnou Florêncio da Silva o asfalto cedeu e seu veículo foi parcialmente “engolido”. Por conta do barro, a via aparenta ser terra, porém ela é asfaltada.

A esposa de Iosmiagui contou a nossa reportagem que acionaram um guincho para retirar o veículo do buraco. (Foto: Lorrayne Calixto/Via WhatsApp)

Fonte: Midiamax

 

A Loja meio preço comunia a todos os clientes e amigos que acabaram de chegar lindas  mercadoria e o preço você ja sabe, meio preço de verdade, lembrando você que na sua compra a vista você tera um super descontão;

 

Vasco, Flamengo, Fluminense, São Paulo e Grêmio vão a campo hoje

A “super quarta” do futebol terá hoje (21) jogos de campeonatos estaduais, nacional e internacional. Pela Libertadores da América, o Vasco vai a campo contra o Jorge Wilstermann, da Bolívia, em busca da vaga na fase de grupos da competição continental. O time carioca venceu o jogo de ida, em casa, por 4 a 0, e leva enorme vantagem para o jogo da volta, em Cochabamba. A partida está marcada para às 20h45.

O vencedor deste duelo integrará o grupo 5 da competição, ao lado de Cruzeiro, Racing (Argentina) e Universidad de Chile. Os outros brasileiros já garantidos na disputa são Grêmio, Flamengo, Corinthians, Santos e Palmeiras.

O atual campeão da Libertadores, o Grêmio, disputa o título da Recopa Sul-Americana contra os argentinos do Independiente. O primeiro terminou em 1 a 1. O segundo duelo acontece em Porto Alegre, às 20h45.

A Copa do Brasil tem dez jogos nesta quarta-feira pela segunda fase. Entre eles estão Atlético-PR x Tubarão (SC), às 18h30; Remo x Internacional, às 18h30; Goiás x Boa (MG), às 19h30; Ponte Preta x Inter de Limeira (SP), às 20h45, e Botafogo (PB) x Atlético Mineiro, às 20h45.

A Taça Rio – segundo turno do Campeonato Carioca – começa na tarde desta quarta-feira com Bangu x Fluminense, às 15h30, no estádio de Moça Bonita. O Flamengo enfrenta o Madureira, às 18h30, no Engenhão, no Rio de Janeiro.

Pela 7ª rodada do Campeonato Paulista, o São Paulo enfrenta o Ituano, às 20h45, no estádio Novelli Júnior, em Itu. A partida vale a liderança isolada do grupo B para o Tricolor Paulista, que tem os mesmos 10 pontos da Ponte Preta. O Ituano aparece em terceiro lugar no grupo A, com 8 pontos.

Fonte: Campo Grande News

 

Vira-lata 'Capitán', de 16 anos, não saiu de perto do túmulo de Miguel Guzmán, em Villa Carlos Paz. Animal caminhava com dificuldade e não enxergava bem.

Capitán, o cachorro que durante mais de uma década velou o túmulo do seu dono na cidade argentina de Villa Carlos Paz, na província de Córdoba, morreu no mesmo cemitério no qual repousam os restos de seu antigo companheiro, informou nesta terça-feira (20) a imprensa local.

"Nunca vi uma coisa tão fiel", disse Marta Clot, florista do cemitério, ao lembrar entre lágrimas de Capitán, um vira-lata que, com cerca de 16 anos, apareceu morto no banheiro do cemitério após um período no qual já caminhava com dificuldades e tinha perdido parte da visão.

O cão foi o presente-surpresa que Miguel Guzmán deu ao seu filho Damián em 2005.

No entanto, em março do ano seguinte, Miguel morreu e o animal desapareceu da casa da família, embora tenha retornado pouco tempo depois e ficado na rua, perto do imóvel durante alguns dias, segundo relatou em 2012 o diretor do cemitério, Héctor Baccega.

Depois, desapareceu de forma definitiva e a família pensou que tinha morrido ou sido adotado por outra pessoa, até que um dia o encontraram no cemitério, sobre o túmulo de Miguel.

Segundo contavam os frequentadores do lugar, Capitán perambulava pelo cemitério e, ao entardecer, buscava o túmulo do seu dono para dormir. "Costumava dormir no túmulo, mas no final quase não subia pelo problema que tinha no quadril, estava muito frágil", contou Clot. "Só faltava falar, era um doce total", acrescentou a mulher, que se encarregou de alimentar e dar a medicação ao cachorro até o fim dos seus dias.

A ideia, agora, é que como Capitán passou sua vida no cemitério, seja também ali onde descansem os seus restos, embora para isso seja necessária uma autorização das autoridades locais.

Fonte: G1

 

Pagina 5 de 580

Salvar

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top