Redação

A esperança de que os 44 tripulantes do submarino argentino desaparecido há nove dias serão encontrados vivos diminuíram, depois que evidências apontaram para a possibilidade de que a embarcação explodiu e porque a equipe só tinha abastecimento de oxigênio para sete dias.

Familiares dos tripulantes que estavam esperando por notícias na base do submarino na cidade argentina de Mar del Plata começaram a ir para casa na noite de quinta-feira, enquanto a Marinha se comprometeu a continuar com as buscas.

"Neste momento, a verdade é que eu não tenho nenhuma esperança de que eles vão voltar", disse Maria Villareal, mãe de um dos tripulantes, a uma televisão local na manhã de sexta-feira.

Alguns familiares acusaram a Marinha de colocar seus entes queridos em risco desnecessário ao enviá-los em uma embarcação de mais de 30 anos, que eles suspeitam que não estava adequadamente conservada, algo que a Marinha nega.

"Eles mataram meu irmão", gritou um homem para repórteres, enquanto deixava a base de carro. Enquanto isso, o homem que dirigia o veículo chorava.

O submarino San Juan começou a ser usado em 1983 e entrou em manutenção em 2008 na Argentina. As Forças Armadas argentinas têm enfrentado um declínio nos recursos e falta de treinamento desde o fim de uma ditadura militar no início dos anos 1980.

"Eles não nos disseram que eles estão mortos, mas essa é a conclusão lógica", disse a repórteres Itatí Leguizamón, esposa de um dos tripulantes desaparecidos.

Na quinta-feira, o porta-voz da Marinha, Enrique Balbi, disse que um som detectado debaixo d'água na manhã do dia 15 de novembro, perto da hora em que o San Juan enviou seu último sinal e na mesma área em que o submarino estava localizado, é "consistente com uma explosão".

 

Eles estavam desaparecidos há quinze dias e filha e namorado fugiram

Casal que estava desaparecido há cerca de 15 dias foi encontrado enterrado no quintal da residência onde moravam, na manhã de hoje, em Corumbá.

De acordo com o site Diário Corumbaense, familiares registraram boletim pelo desaparecimento de Paulo Mariano Pinto, 58 anos, e da esposa dele, Marilene Ledesma Ferreira, 53. Hoje, cunhado do homem foi até a casa, arrombou a porta e encontrou a casa revirada e parte de terra remexida na varanda.

“Vimos que tem um baldrame de tijolo que tem areia fina, por isso desconfiamos que poderiam concretar alguma coisa, então resolvemos cavar um local na varanda da casa e achamos umas placas de madeirite de guarda-roupa, tiramos as placas e na hora que eu coloquei a alavanca e levantei até o fundo saiu um edredom e senti um cheiro forte de carniça e percebemos que o edredom estava com sangue. Acionamos a PM e a Perícia", disse.

Equipes da polícia e perícia foram ao local e confirmaram que os corpos estavam enterrados na varanda

A principal hipótese para o duplo homicídio é de que a filha de Marilene e o namorado dela tenham assassinado o casal. Eles teriam vendido os pertences da casa e fugido.

Vizinhos disseram que Marilene não aprovava o relacionamento da filha e já havia expulsao o rapaz da casa da família uma vez. Ainda conforme os vizinhos, no período em que o casal estava desaparecido, filha não demonstrou preocupação e penhorou bens como geladeira, fogão e freezer.

Suspeitos ainda não foram localizados e Polícia Civil investiga o caso.

Fonte: Correio do Estado

Um funcionário da câmara de vereadores da cidade de Três Lagoa, sofreu uma tentativa de homicídio após uma idosa de 61 anos invadir o local e tentar esfaquear a vítima, de 30 anos.

A idosa invadiu uma das salas da câmara encontrando a vítima e perguntado a ela se estava lembrada dela momento em que ouviu uma negativa. A autora, então, teria dito que o funcionário teria lhe contado toda sua vida.

Ao falar que a idosa teria feito confusão, ela retirou da bolsa uma faca e tentou esfaquear o funcionário, que conseguiu se afastar. Um segurança do local deteve a idosa, que foi levada para a delegacia de polícia.

De acordo com o site JP News, a idosa apresentava sinais de distúrbio mental. O funcionário não quis prestar queixa.

Fonte: Midiamax

Acidente aconteceu às 23h50, entre Miranda e Bodoquena

Leandro Valêncio Martinez, de 29 anos, e Gislaine Novaes da Silva, 19, morreram em acidente de trânsito ocorrido no final da noite de ontem, na rodovia MS-339, entre os municípios de Miranda e Bodoquena. O veículo GM Celta que as vítimas ocupavam bateu de frente com um caminhão.

De acordo com o Corpo de Bombeiros de Aquidauana, que atendeu a ocorrência, as vítimas morreram no local, antes mesmo que pudessem ser socorridas. O ocupante do caminhão escapou ileso. Leandro e Gislaine residiam em Miranda. A Polícia Civil trabalha com a suspeita de que o rapaz tenha perdido o controle do veículo e invadido a pista contrária.

Fonte: Correio do Estado

Em O Outro Lado do Paraíso, novela da faixa das 21h da Rede Globo, Renato (Rafael Cardoso) descobrirá o paradeiro de Clara (Bianca Bin) dez anos após o seu sumiço.

Nos próximos capítulos da trama escrita por Walcyr Carrasco, Renato irá mexer no computador de Sophia (Marieta Severo) e descobrirá um recibo de pagamento de uma clínica. “Recibo de depósito. Ah, deve ser bobagem. Referente a Clara Tavares. É um recibo de depósito, pra Clara? A Sophia manda mesada pra Clara?”, dirá ele, sem entender. No entanto, o médico irá examinar melhor o documento e perceberá que trata de um pagamento. “Não. Não! Hospício Santa Carmela. O pagamento do custo mensal da paciente Clara! Um hospício! A Clara tá num hospício!”, dirá ele, que ficará bastante surpreso.

+Com Apocalipse na Record, Globo segue apostando em catástrofe e escala filme sobre terremoto

O médico então irá trabalhar na clínica e promete que tirará a mocinha do hospício. “Vou te tirar daqui, Clara. Vou te salvar. Eu te amo. Sempre te amei”, falará ele. “Renato, é uma surpresa tão grande ver você aqui. É como se eu estivesse em um mundo escuro e um raio de luz entrasse em minha vida”, dirá ela, que começará a chorar de emoção.

Fonte: O TV Foco

Pagina 1 de 429

Salvar

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top