Estaduais 2019 (161)

O Grêmio sagrou-se bicampeão gaúcho ao vencer o Internacional nos pênaltis por 3 a 2 na Arena. Durante o tempo normal a partida terminou empatada sem gols. O jogo foi marcado por muitas polêmicas e uso do VAR que acabou sendo decisivo na marcação de uma penalidade que foi desperdiçada por André. Mas quis o destino que na última cobrança o centroavante desse o título para o Tricolor Gaúcho.

Também tem que ser destacado o goleiro Paulo Victor que pegou três penalidades. Na campanha os comandados de Renato Portaluppi não perderam nenhuma partida na competição e levam apenas um gol.

Pela Libertadores o Grêmio volta a campo no dia 23, terça, quando visita o Libertad, às 19h15(de Brasília), no Nicolás Leoz. Já na quarta o Internacional pega o Alianza Lima, às 21h30 (de Brasília), no Alejandro Villanueva.

JOGO

Muito estudado o começo de partida entre os dois times. Ambas as equipes não cedem espaços e realizam forte marcação. Bastante catimba em campo, diversas faltas e o jogo não andou. Aos 15, Everton recebeu de fora da área e chutou. Lomba soltou no pé de André, que mandou para o fundo das redes. Depois de confirmar pelo VAR, o gol gremista foi anulado. Aos 21, Geromel ajeitou para Kannemann, que virou e chutou. Lomba segurou.

Após os 20 minutos, o Tricolor Gaúcho cresceu de produção, enquanto o Colorado especulou jogadas de velocidade. Aos 29, depois de uma troca de passes, Jean Pyerre recebeu da intermediária de Maicon e chutou, mas a bola saiu. Tecnicamente o jogo deixou a desejar. Bastante discussão em campo e muitas faltas.

Que chance para o Inter, aos 36, Guerrero ganhou de Léo Gomes e cabeceou, mas Paulo Victor fez grande defesa. No final do primeiro tempo, o Colorado melhorou e assustou a meta gremista. Que susto, aos 45, Léo Gomes recebeu da direita, dominou e chutou. A bola quicou e Lomba espalmou para o lado.

A etapa inicial teve muita marcação, chegadas ríspidas, porém em termos de qualidade futebol acabou não sendo bom. Na única vez que o recurso eletrônico foi pedido a arbitragem acertou.

Esse retorno do segundo tempo iniciou como no primeiro de muita intensidade, transpiração e sem inspiração técnica. Aos 08, Moledo tentou cortar o chute de Alisson, desviou e quase fez contra.

Com mais posse de bola, o Grêmio não conseguiu furar o forte bloqueio defensivo vermelho. Aos 13, Edenílson passou por Leonardo e Maicon com um giro e chutou forte. Paulo Victor fez grande defesa. No minuto seguinte, Nico cobrou escanteio na cabeça de Moledo. O arqueiro pegou mais uma. O técnico Renato Portaluppi sacou Jean Pyerre para a entrada de Luan.

Já a grande polêmica do jogo ocorreu, aos 22, Cortez caiu após a dividida com Parede. Logo após o árbitro utilizou o VAR e resolveu marcar a penalidade. A partir daí iniciou uma confusão que determinou as expulsões do técnico Odair Hellmann e do meia D´Alessandro. Depois de oito minutos, o jogo foi retomado. Aos 31, André bateu no canto esquerdo de Lomba que defendeu. No rebote, Geromel chutou e não conseguiu marcar.

Houve muito nervosismo na reta final da partida tanto de Grêmio e Internacional. Aos 49, Everton passou por Moledo limpou e buscou o ângulo esquerdo de Lomba, mas a bola saiu. Aos 50, Everton recebeu de Luan, invadiu a área e soltou a bomba, mas carimbou o poste.

Apesar de todas as tentativas dos times, a decisão do título será nas penalidades. O título nas penalidades acabou sendo merecido para o Tricolor Gaúcho por causa da campanha em todo o torneio.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 0 (3) X (2) 0 INTERNACIONAL

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Data: 17 de abril (quarta-feira)
Horário: 21h30(de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS)
VAR: Thiago Duarte Peixoto (SP) auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis(SP) e José Cláudio Rocha Filho (SP).

Renda: R$ 2.960.606,00
Público Total: 51.003

Cartão amarelo: Kannemann, Michel (Grêmio), Pottker, Patrick, Guerrero, Daniel, Victor Cuesta, Guilherme Parede, Rafael Sobis (Internacional)
Cartão vermelho: D´Alessandro (Internacional)

Grêmio: Paulo Victor, Léo Gomes, Pedro Geromel, Kannemann e Cortez, Maicon (Michel), Matheus Henrique, Alisson (Diego Tardelli) e Jean Pyerre (Luan), Everton e André.
Técnico: Renato Portaluppi

Internacional: Marcelo Lomba, Zeca (Camilo), Moledo, Cuesta e Iago (Rafael Sobis), Dourado, Edenílson, Patrick e Pottker (Guilherme Parede), Nico López e Paolo Guerrero
Técnico: Odair Hellmann

Fonte: Gazeta Esportiva

 

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

 

Novo empate no Itaquerão leva a decisão para os pênaltis; quem vencer, fica com o título

O Corinthians conseguiu segurar o São Paulo no Morumbi diante de quase 60 mil torcedores na primeira partida da final do Campeonato Paulista. Após o empate por 0 a 0, a decisão será no próximo domingo, em Itaquera. Quem vencer será campeão e se der empate a disputa da taça será nos pênaltis.

O desfalque de última hora do volante Liziero mudou um pouco o jeito do São Paulo jogar, principalmente na transição em velocidade da defesa para o ataque. Sem seu titular, o técnico Cuca optou por utilizar o meia Everton na função, mas ele não tem a mesma mobilidade e poder de marcação do companheiro.

Do outro lado, a proposta do Corinthians era bem clara: se defender com dez jogadores, às vezes até com todos, quando Gustagol voltava mais para a defesa, e contra-atacar principalmente usando a velocidade de Clayson pelo lado esquerdo. A estratégia era jogar no erro dos donos da casa para abrir vantagem.

Com muita marcação, excesso de erros e poucas chances de gol, o clássico demorou a ter oportunidades claras de abertura do placar. A primeira delas veio com Everton, da entrada da área, que obrigou Cássio a espalmar para escanteio. Até aí, os times quase não arriscavam e pouco criavam.

Se o Corinthians já não estava muito preocupado em atacar, a situação piorou com a lesão de Junior Urso. Ele se machucou aos 27 minutos e teve de deixar o campo. O volante costuma ser uma válvula de escape da defesa e já fez três gols na temporada. Em seu lugar entrou Richard, que não tem a mesma qualidade.

A partir daí, o Corinthians levou perigo em contra-ataques, mas sem conseguir concluir a gol. Já o São Paulo teve chances em cabeceio de Arboleda por cima do gol e em um chute fraco de Igor Gomes. Aos 39, Everton Felipe chutou e a bola tocou na mão de Ralf dentro da área. O VAR foi acionado e Luiz Flávio de Oliveira nada marcou.

E, antes do intervalo, o São Paulo teve a melhor chance em outro cabeceio de Arboleda, que Cássio salvou duas vezes, em cima da linha, e evitou o gol. A bola veio rápida, o goleiro corintiano fez uma primeira defesa, depois tirou com o pé e afastou o perigo. Na ocasião, o VAR também mostrou que a bola não passou a linha do gol.

Após o intervalo, o técnico Cuca colocou Hernanes no São Paulo. O jogador não aguentaria atuar nos 90 minutos, por estar voltando de lesão, mas logo de cara mostrou que poderia fazer a diferença. Em apenas 11 minutos, ele deu três chutes a gol, o último deles obrigando Cássio a espalmar para escanteio.

O Corinthians se mantinha na mesma toada, se preocupando apenas em se defender e atacante eventualmente. Em um desses momentos, Gustavo aproveitou o cruzamento da direita e cabeceou, mas a bola foi para fora. Do outro lado, o São Paulo perdeu duas boas chances, com Nenê e Everton Felipe.

Nos minutos finais, o São Paulo pressionou em busca do gol da vitória. Hernanes teve outra boa chance, mas a bola passou perto. Luan também chutou, a bola desviou na defesa e quase entrou, para desespero de Cássio. E no final o empate sem gols foi bom para o Corinthians, que agora jogará diante de sua torcida para conquistar o tricampeonato estadual.

Fonte: Band

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Gabigol (9 gols), Bruno Henrique (6 gols), Diego, Arrascaeta e Éverton Ribeiro (4 gols) e Vitinho (3 gols). A artilharia do Flamengo é de meio time em 2019. Ajudada pela goleada de quarta-feira sobre o San José.

O resultado pela Libertadores aumentou o leque de opções do técnico Abel Braga para escalar a linha de frente rubro-negra nas próximas decisões, e ainda fazer variações. A começar pelo Vasco, amanhã, na final do Estadual. Os dois jogos pela Libertadores acontecem após os dois clássicos locais.

Com a volta do artilheiro Gabigol, o treinador deve deslocar Bruno Henrique para a ponta esquerda após boa apresentação como "falso nove". Abel inclusive rasgou elogios ao atacante, que era dúvida por conta de dores musculares.

— Estou feliz pela forma que o Bruno jogou como atacante. Impressionante... É um jogador rápido, que tem impulsão. Ganhamos mais uma possibilidade para o futuro. Ele é um jogador muito versátil — afirmou Abel.

Desta forma, Arrascaeta é o favorito para voltar ao banco de reservas. O uruguaio foi bem contra o San José, tanto atuando pelos lados como por dentro, no lugar de Diego. Que rendeu também elogios do comandante.

— Tem semana que olha para o cara e vê que o cara está demais e treinou bem. O Arrascaeta treinou muito bem essa semana — lembrou o comandante rubro-negro.

Arrascaeta deixou o abacaxi para Abel descascar, mas disse que prefere jogar sempre pela esquerda ou no meio, onde também atuou.

— Tudo depende do treinador. A torcida tem pedido para eu jogar, sinto a confiança que tem em mim, isso me dá força para me preparar nos treinos para os jogos. Me sinto bem e pronto para jogar — avisou o camisa 14.

Fonte: Extra

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Santos venceu o Atlético-GO por 3 a 0 nesta quinta-feira, na reinauguração da Vila Belmiro, e se classificou para a quarta fase da Copa do Brasil depois de derrota por 1 a 0 em Goiânia.

Depois de quase três meses de reforma, a Vila recebeu um Peixe insaciável, atacando a todo tempo. Os gols foram marcados por Sánchez (2) e Rodrygo, e a vantagem poderia até ter sido maior.

O adversário na quarta fase da competição será conhecido por meio de sorteio nesta sexta-feira. A eliminatória ocorrerá a partir da semana que vem.

O JOGO

O Santos, assim como na semifinal contra o Corinthians, dominou o Atlético-GO por completo e atacou desde o primeiro minuto todo do meio-campo para frente.

As chances saíram naturalmente, mas o gol teimou em sair. Sánchez, Soteldo, Pituca, Victor Ferraz, Derlis… Todos tiveram oportunidade de marcar, mas coube ao uruguaio essa missão.

Jean Mota, até então apagado, deu passe perfeito para Sánchez deslocar Kozlinski e abrir o placar aos 44 minutos. O Peixe poderia até ter ido para o intervalo com vantagem maior.

No segundo tempo, o Santos fez justiça no placar rapidamente. Logo no primeiro minuto, Jean Mota cruzou, a bola atravessou a área e parou para o lindo chute de Rodrygo, de primeira. 2 a 0.

O Peixe diminuiu um pouco o ritmo, mas seguiu todo no campo de ataque. Sem administrar, viu o Atlético-GO ser perigoso em pelo menos três oportunidades no contra-ataque. Em um deles, de dois contra um, Pedro Bambu recebeu sozinho, mas bateu por cima, aos 17 minutos.

Após alguns sustos, o Alvinegro garantiu a classificação aos 39′, novamente com Sánchez. Soteldo recebeu na área e teve calma para encontrar o meia. O uruguaio bateu forte, de primeira, e a bola bateu no travessão antes de entrar. Nos acréscimos, Cueva entrou forte e foi expulso direto. Classificação justa na Vila Belmiro.

Rodrygo comandou o ataque do Santos© Fornecido por Fundação Cásper Líbero Rodrygo comandou o ataque do Santos
FICHA TÉCNICA

Santos 3 x 0 Atlético-GO

Data: 11 de abril de 2019 (quinta-feira)

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

Assistentes: Michael Correia e Carlos Henrique Filho (RJ)

Público e renda: 11623/R$ 314.220,00

Cartões amarelos: ATLÉTICO: Gilvan, Nicolas, Jonathan, Reginaldo Washington e Jorginho

Cartão vermelho: Cueva

GOLS

Santos: Carlos Sánchez, aos 44 minutos do 1T, e 39 do 2T, e Rodrygo, no primeiro minuto do 2T

SANTOS: Everson, Victor Ferraz, Aguilar, Lucas Veríssimo e Diego Pituca; Alison (Cueva), Sánchez e Jean Mota; Rodrygo (Eduardo Sasha), Soteldo e Derlis González (Jorge)

Técnico: Jorge Sampaoli

ATLÉTICO-GO: Maurício Kozlinski; Jonathan, Lucas Rocha, Gilvan e Nicolas (Reginaldo); Pedro Bambu, Washington (André Luis) e Jorginho; Matheus (Gilsinho), Pedro Raul e Mike

Técnico: Wagner Lopes

Fonte: MSN

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Em uma época de tão baixa estabilidade no cargo de treinador, ir contra o pensamento da torcida pode ser o gatilho para o desgaste da relação. Mas Alberto Valentim provou neste domingo, na vitória por 2 a 1 sobre o Bangu, o doce sabor de ver uma decisão impopular dar certo. No centro da história, o meia-atacante Yan Sasse: vaiado desde que entrou em campo, ele marcou o segundo gol cruz-maltino no Maracanã, confirmando a classificação para a final do Carioca. O adversário será o Flamengo, nos próximos dois domingos.

A rejeição inicial da torcida deve-se ao fato de Yan Sasse não ter feito atuações muito convincentes ao longo da temporada. Até este domingo, ele tinha marcado um gol nos seis jogos dos quais participou. A estranheza do torcedor cresceu porque o jogador não atuava desde 20 de fevereiro - um intervalo de 46 dias.

A brecha para a entrada de Yan Sasse na partida foi a lesão de Rossi, aos 27 minutos do primeiro tempo. Àquela altura, o Vasco já jogava mal e deixava o Bangu tranquilo na partida. Quando a galera viu que o substituto não seria Yago Pikachu nem Lucas Santos, foi à loucura. Os xingamentos direcionados a Alberto Valentim foram quase instantâneos, mostrando que a relação não anda lá essas coisas. Para completar o cenário negativo, Yan Sasse errou na primeira bola que recebeu, fez uma falta em seguida e levou amarelo. "Burro, burro" foi o grito que ecoou no Maracanã.

O Vasco foi para o intervalo sob muitas vaias, já que o Bangu tivera as melhores chances do primeiro tempo. O chute mais perigoso só saiu aos 38 minutos, dos pés do próprio Yan Sasse. Parecia que ele estava ensaiando uma resposta à pressão da arquibancada.

No segundo tempo, o cenário do jogo mudou por causa do fator arbitragem. Não que o Vasco tenha subido de produção, mas o VAR fisgou corretamente um puxão de camisa em Lucas Mineiro dentro da área. O pênalti foi convertido por Bruno César.

O gol imerecido, pelo contexto da partida, não deu a calma necessária à torcida do Vasco. No minuto seguinte, o Bangu respondeu com o empate. Um contra-ataque muito bem articulado culminou com a finalização de Yaya Banhoro. Ficou fácil para o jogador de Burkina Faso.

Com a alta voltagem da partida, Yan Sasse apareceu. Tirou da cartola um drible para deixar o defensor caído e acertou um chute forte no canto do goleiro Jefferson. Timidamente, colocou mão no ouvido, como se provocasse a arquibancada a gritar de felicidade pelo belo gol. À beira do campo, Valentim não só respirava aliviado como também se ajoelhou e ergueu as mãos para o céu. Afinal, deu certo ir contra a corrente.

Em que pese a turbulência no elenco por causa dos atrasos salarias, ponto que motivou protesto antes da semifinal, agora o torcedor pode ter mais confiança para a decisão contra o Flamengo que está por vir.

Fonte: Extra.globo

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

O peruano estava sem jogar desde julho de 2018 e deixou sua marca para abrir o caminho para o triunfo colorado

O Internacional levou a vaga na final do Campeonato Gaúcho com a vitória sobre o Caxias, por 2 a 0, no Beira-Rio, em Porto Alegre. Mais do que o resultado, o que chamou atenção foi a estreia do atacante Paolo Guerrero. O peruano estava sem jogar desde julho de 2018 e deixou sua marca para abrir o caminho para o triunfo colorado.

Apesar do gol, Guerrero fez uma partida discreta. Ele tentou orientar os companheiros de ataque no primeiro tempo, apareceu para fazer o pivô, mas tocou pouco na bola. Porém, quando teve sua primeira chance de finalizar, ele marcou aos 37 minutos em cabeçada após cobrança de escanteio de Camilo. Bastante aplaudido, ele deixou o campo aos 15 minutos do segundo tempo, substituído por Johnatan Alvez, e celebrou o seu retorno aos gramados de forma positiva.

O último gol marcado pelo jogador havia ocorrido no dia 26 de junho, na vitória do Peru sobre a Austrália, por 2 a 0, pela Copa do Mundo da Rússia. Ou seja, estava há 284 dias sem balançar as redes adversárias. "Estava com muita saudade. Só tenho que agradecer à torcida, ao Inter, por como eles me acolheram. Estava com um sonho de entrar em campo, representar o Inter. Quero focar em jogar, esquecer o que aconteceu. Minha vida é o futebol e só quero jogar futebol", comentou o jogador.

Com a estreia, Guerrero concorre a uma vaga entre os titulares no time que vai entrar em campo pela Copa Libertadores na próxima terça-feira. O Inter enfrenta o Palestino, do Chile, às 21h30, no Beira-Rio, em Porto Alegre.

"O professor Odair (Hellmann) falou comigo, que ia ter um jogo de 70 minutos, saio feliz, me senti bem. Agora é pensar em terça, teremos um jogo forte e precisamos vencer em casa", acrescentou o peruano.

O treinador do Inter elogiou a partida feita por Guerrero e comemorou a possibilidade de mais uma opção no elenco. "O Guerrero fez sua estreia, uma boa estreia, fez gol, o que dá mais confiança para o atacante que briga por uma posição. É mais um jogador qualificado para o grupo. A gente vai observar nos treinos, ver qual a melhor opção para terça-feira. O mais importante é que está à disposição", comentou Odair Hellmann.

"Estou feliz com a resposta que o grupo está dando. Não é fácil jogar nesse nível de comprometimento, falei isso no vestiário depois do jogo. O que nos trouxe à final foi o grupo. Bom que conseguimos colocar todos para jogar e chegar na final. O mais importante é que todos estão dando uma boa resposta", reforçou o comandante.

Fonte: Noticias ao minuto

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

O Corinthians não se furtou a usar a vantagem conquistada em Fortaleza para garantir sua classificação à quarta fase da Copa do Brasil com certo susto e sem muito esforço também. Na noite dessa quarta-feira, 34.911 torcedores acompanharam uma vitória do Ceará por 1 a 0 no apenas morno confronto na Arena Corinthians, reflexo da ausência de capacidade do Ceará em levar perigo aos paulistas. O cenário só se complicou para os mandantes depois de um deslize de Ralf, que culminou com a expulsão de Cássio, e ameaçou a situação corintiana.

Fábio Carille resolveu mandar a campo força máxima, a exceção de Marllon, que substituiu Manoel por causa de um problema no ombro do zagueiro titular. O resultado foi um time seguro em campo, mas longe de ter aquela gana pela vitória, como se viu no último domingo, por exemplo, contra o Santos.

O início do jogo até prometeu. Enquanto muitos torcedores ainda passavam pelas catracas, Clayson mandou a bola na trave de Richard depois de boa trama com Danilo Avelar pela esquerda.

O Corinthians ainda assustou com algumas bolas cruzadas à área, mas, com o passar do tempo, a superioridade corintiana inevitavelmente contribuiu para uma queda de rendimento. O lance mais perigoso do Vozão antes do intervalo foi um quase gol contra de Gustagol após cobrança de escanteio.

Se o jogo já estava lento, na etapa final virou um verdadeiro marasmo. E assim a partida caminhava até a falta de concentração atingir o sempre ligado Ralf. O volante errou o recuo de bola para Henrique e Cássio foi forçado a defender chute de Ricardo Bueno com as mãos, fora da área, para evitar o gol dos visitantes aos 18 minutos.

O resultado da lambança foi a expulsão do goleiro, pedidos de perdão do volante e a saída de Clayson para que Walter assumisse a meta do Timão.

Ao menos o confronto ganhou um pouco de emoção. Lisca mandou Roger a campo, Carille tentou ajustar sua equipe com Ramiro na vaga de Sornoza. A Fiel ainda pediu Pedrinho, mas quem entrou foi Boselli.

E o que se viu a partir daí? Fernando Sobral acertou a trave de Walter em chute de longe, Roger abriu o placar de cabeça, em falha de Henrique e Marllon, e Walter ainda precisou fazer duas boas defesas para evitar o pior.

O apito final veio após seis angustiantes minutos de acréscimos e foi acompanhado de um suspiro de alívio entre os corintianos na Arena de Itaquera.

Agora, com a invencibilidade quebrada depois de 14 jogos, o Timão retoma suas atenções para a semifinal do Campeonato Paulista. Segunda-feira, às 20h (de Brasília), no Pacaembu, o desafio é contra o Santos. Um empate basta. Na Copa do Brasil, o Corinthians aguardará um sorteio para conhecer seu adversário na quarta fase.

Já o Ceará, de apenas duas derrotas no ano e seis jogos seguidos sem perder, volta para o Nordeste eliminado, mas de cabeça erguida. Sábado, tem duelo contra o Náutico no Castelão pela Copa do Nordeste.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 0 X 1 CEARÁ

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)

Data: 3 de abril de 2019, quarta-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Rafael Traci (SC)

Assistentes: Henrique Neu Ribeiro e Thiaggo Americano Labes (ambos de SC)

Cartões amarelos: Clayson (COR); Chico (CEA)

Cartão vermelho: Cássio (COR)

Público: 34.639 pagantes / 34.911 total.

Renda: R$ 1.241.132,50.

GOL:

Ceará: Roger, aos 42 minutos do 2T.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Marllon, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Júnior Urso; Vagner Love, Sornoza (Ramiro) e Clayson (Walter); Gustagol (Gustagol)

Técnico: Fábio Carille

CEARÁ: Richard, Samuel Xavier, Thiago Alves, Luiz Otávio e Thiago Carleto; Fabinho, Juninho e Ricardinho (Wescley); Felipe Baxola (Fernando Sobral), Chico (Roger) e Ricardo Bueno.

Técnico: Renan Freitas

Fonte: Gazeta Esportiva

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

O treino desta segunda-feira do Flamengo marcou o retorno do técnico Abel Braga. O comandante ficou ausente dos últimos trabalhos e não esteve no gramado na final da Taça Rio para realizar um procedimento no coração. O treinador falou sobre a recepção do elenco, que entregou a camisa levada ao Maracanã no domingo, no título do segundo turno do Campeonato Carioca.

“Fui muito bem recebido como vocês devem ter percebido. Até liberei o treino para a imprensa. Às vezes é bom fazer isso parar vocês conseguirem fazer uma analogia daquilo que se vê no jogo e no treino. Hoje, mais uma vez, esse treino terminei um pouquinho antes, porque os sete, oito minutos antes do término já tínhamos chegado ao objetivo que entendíamos. É um grupo espetacular de trabalhar”, disse.

Abel Braga viu a decisão da Taça Rio pela televisão e comentou sobre a conquista rubro-negra. O treinador brincou com a emoção da partida. OO Rubro-Negro arrancou o empate do Vasco nos acréscimos e levaou a melhor na disputa por pênaltis.

“Não precisava ser com tanta emoção. Aquele jogo começou a ser preparado quarta-feira, quando eu já tinha dito no vestiário para aquela equipe que eles todos fariam tudo para chegar à final, e que outra equipe iria jogar. Não foi nada de forma premeditada, impensada, foi tudo muito bem colocado dentro dos prós e contras, naquilo que pretendíamos para a semana”, declarou.

O Fla volta a campo nesta quarta-feira, quando enfrenta o Peñarol-URU, no Maracanã, pela Libertadores. No sábado, os rubro-negros encaram o Fluminense pela semifinal do Carioca, com a vantagem de atuar pelo empate para chegar a decisão do Estadual.

Fonte: Gazeta Esportiva

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Alvinegro paulista abre vantagem no primeiro jogo das semifinais do Campeonato Paulista

Em um clássico com três falhas do setor defensivo, venceu quem errou menos. O Corinthians aproveitou melhor as oportunidades e derrotou o Santos por 2 a 1 neste domingo, em Itaquera, no jogo de ida das semifinais do Campeonato Paulista.

O zagueiro Manoel apareceu entre os zagueiros adversários e abriu o placar para o time da casa. Mas Cássio falhou e permitiu o Santos empatar com Derliz González com sete minutos de partida. Ainda na etapa inicial, Luiz Felipe afastou mal e a bola sobrou para Clayson garantir a vitória.

O resultado deixa a equipe de Fábio Carille com a vantagem do empate no duelo de volta, marcado para segunda-feira (dia 8), às 20h, no Pacaembu. Se o Santos ganhar por um gol de diferença, a decisão da vaga vai para os pênaltis. Na outra semifinal, Palmeiras e São Paulo empataram o primeiro jogo sem gols no Morumbi e jogam novamente no domingo, no Allianz Parque.

O Corinthians volta a campo na quarta-feira, quando receberá o Ceará na partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil. O time paulista venceu a ida, fora de casa, por 3 a 1. Pela mesma competição, o Santos visitará o Atlético-GO na quinta-feira, no primeiro confronto entre as equipes.

Em Itaquera, quem esperava o Santos tocando de um lado ao outro e o Corinthians com suas duas linhas de quatro esperando a falha do adversário teve de esperar os surpreendentes dez minutos iniciais. Sornoza cruzou da esquerda logo aos três, Manoel apareceu livre entre os zagueiros adversários e mandou de cabeça para as redes.

A resposta do Santos veio em seguida também na bola parada. Jean Mota cobrou escanteio da direita, Cássio saiu mal e deixou a bola escapar. Derliz González aproveitou e fez: 1 a 1. Só a partir daí as coisas voltaram ao normal. O Corinthians adotou o mesmo padrão dos jogos com a Ferroviária, postura diferente do duelo com o Santos pela primeira fase. Em vez de marcar sob pressão, esperava o adversário em seu campo de defesa.

O Santos era o mesmo, girava a bola com passes curtos até chegar aos pés do goleiro Vanderlei, deixando seu torcedor sem ar. Faltava um finalizador no ataque. As equipes tinham dificuldade para criar até que veio mais uma falha. O zagueiro Luiz Felipe afastou de cabeça nos pés de Clayson, que cortou Victor Ferraz na esquerda e bateu cruzado no canto oposto de Vanderlei para marcar.

Nos minutos finais da primeira etapa, o zagueiro Felipe Aguilar se chocou com Danilo Avelar e desmaio na pequena área. O jogador deixou o campo de ambulância e deu lugar a Lucas Veríssimo. De acordo com a assessoria de imprensa do Corinthians, ele recebeu atendimento no posto médico do estádio e depois foi encaminhado "consciente e responsivo" ao Hospital Sírio Libanês.

No segundo tempo, Sampaoli colocou Rodrygo na vaga de Cueva para tentar dar mais mobilidade ao ataque. O Santos até tentou esboçar uma pressão. Mas o Corinthians era mais eficiente. Clayson mandou de bicicleta e Vanderlei quase soltou nos pés de Vagner Love.

O Corinthians não deixava o Santos criar. Apesar de ter menos posse de bola, a equipe de Carille segurava o adversário na intermediária. O time visitante passou a tentar mais as laterais do campo, mas não tinha um centroavante para finalizar. Luiz Felipe teve a chance de se redimir nos minutos finais, mas cabeceou por cima garantindo a vitória aos anfitriões.

FICHA TÉCNICA:
CORINTHIANS 2 x 1 SANTOS

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Junior Urso e Sornoza (Richard); Vagner Love (Pedrinho), Gustagol e Clayson (Mateus Vital). Técnico: Fábio Carille.

SANTOS - Vanderlei; Victor Ferraz, Aguilar (Lucas Veríssimo), Luiz Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca, Carlos Sánchez (Soteldo), Jean Mota e Cueva (Rodrygo); Derliz González. Técnico: Jorge Sampaoli.

GOLS - Manoel, aos 3, Derliz González, aos 7, e Clayson, aos 31 minutos do primeiro tempo.
CARTÕES AMARELOS - Sornoza (Corinthians); Vanderlei e Alison (Santos).
ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Dias Araújo.
RENDA - R$ 2.467.185,50.
PÚBLICO - 39.919 pagantes.
LOCAL - Arena Corinthians, em São Paulo

Fonte: Band

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Timão vai decidir vaga fora de casa contra o Peixe; Palmeiras e São Paulo fazem a outra semifinal

O Corinthians sofreu com mais uma fraca apresentação e só garantiu a vaga nas semifinais do Campeonato Paulista nas cobranças de pênaltis, na noite desta quarta-feira. Após empatar por 1 a 1 com a Ferroviária no tempo regulamentar, mesmo placar do jogo de ida, o time alvinegro confirmou a classificação com vitória de 4 a 3 nas penalidades, em Itaquera. Cássio defendeu uma cobrança e Tony isolou outra. Danilo Avelar perdeu uma para os donos da casa, mas Pedrinho garantiu a classificação dos anfitriões.

A equipe de Fábio Carille enfrentará o Santos nas semifinais - o outro confronto terá Palmeiras e São Paulo. Como tem pior campanha, o jogo de ida será em Itaquera e a volta, provavelmente, no Pacaembu. A Federação Paulista de Futebol confirmará as datas e horários na manhã desta quinta.

Carille optou por uma formação do setor ofensivo com Jadson na armação e um trio de atacantes com Vagner Love, Clayson e Gustavo. A Ferroviária, no entanto, é quem parecia jogar em casa. O time de Araraquara mantinha a posse de bola e rodava de um lado para o outro em busca de um espaço.

O Corinthians marcava atrás, dava campo para o adversário. Mas, apesar disso, foi mais perigoso. Gustavo subiu no meio da área e cabeceou com perigo para fora. Pouco depois, o centroavante mandou para as redes de cabeça, mas em posição irregular. O assistente sinalizou e o VAR confirmou o impedimento. Mesmo sem conseguir se impor, o time alvinegro abriu o placar aos 33. Clayson avançou pela esquerda e rolou na segunda trave para Junior Urso mandar para as redes.

A história começou parecida no segundo tempo. A Ferroviária tinha a bola e o Corinthians assustava, graças às jogadas de Clayson pelos lados. No entanto, os visitantes aproveitaram uma brecha no meio-campo e igualaram o placar. Thiago Santos recebeu na área e, dividindo com Manoel, desviou para o gol.

Carille tentou mandar o time para o ataque com Pedrinho no lugar de Ralf. Mas o time sentiu o gol e só assustava nas bolas paradas. Henrique, por duas vezes, perdeu gol livre de marcação. Boselli também entrou e isolou uma bola frente a frente com o goleiro.

O Corinthians não criava. Era chutão para a área à procura de Gustavo. Pedrinho teve atuação apagada, o meio de campo não criou e a Ferroviária soube levar a partida para os pênaltis.

A Ferroviária perdeu com Tony, que isolou a primeira, e Thiago Santos que parou em Cássio na segunda. Gustavo e Clayson fizeram para o Corinthians. Uillian e Meritão marcaram para os visitantes. Danilo Avelar perdeu, mas Boselli voltou a colocar o Corinthians em vantagem. O goleiro Tadeu fez e deixou a decisão nos pés de Pedrinho. Ele foi para a bola e garantiu a classificação: 4 a 3.

Fonte: Band

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Pagina 1 de 12

Salvar

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top