Mato Grosso do Sul (237)

Um homem de 50 anos foi preso após quebrar um caixa eletrônico por não conseguir sacar dinheiro na tarde desta segunda-feira (21) em uma agência da Caixa Econômica Federal em Rio Brilhante, cidade a 160 quilômetros de Campo Grande. Ele disse que deu um soco no caixa eletrônico pelo fato de não ter conseguido sacar o dinheiro.

A Polícia Militar foi acionada pela gerência da agência e o homem foi detido e levado para a delegacia.

De acordo com o site Rio Brilhante em Tempo Real, ele contou que tem uma indenização trabalhista no valor de 16 mil reais, e o dinheiro ja estaria depositando em sua conta, porém ao tentar sacar parte do dinheiro apareceu na tela do caixa eletrônico que o valor esta bloqueado. Revoltado com a situação o homem deu um soco na tela.

Autuado em flagrante por dano qualificado contra patrimônio público, ele teve uma fiança arbitrada em mil reais. Questionado se dispõe do valor para sair da cadeia, ele disse ter o dinheiro que está bloqueado em sua conta. O valor foi pago pelo atual patrão do homem e ele foi liberado no final da tarde.

Fonte: Midiamax

 

Batalhão de Choque precisou usar bala de borracha para controlar a confusão

Após a partida entre Operário e Corumbaense, que terminou com a vitória do Galo neste domingo (20), houve confronto entre as torcidas, do lado de fora do Estádio Morenão, em Campo Grande.

De acordo com informações do Batalhão de Choque da Polícia Militar, torcedores do Corumbaense estavam atirando pedras na torcida do Operário e foi necessária intervenção policial.

Torcedores continuaram, desta vez atirando objetos, como pedras e garrafas, também nos policiais, que precisaram fazer "uso progressivo da força". Foram disparados tiros com balas de borracha, não letal, para controlar a situação.

Durante a confusão, um dos torcedores do Corumbaense desacatou policiais e foi detido por desacato. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do bairro Piratininga, onde boletim de ocorrência da confusão será registrado.

Inicialmente, não há informação de feridos com gravidade.

JOGO

Dentro de campo, a partida foi tranquila. O Operário venceu o Corumbaense por 2 a 0, pela primeira rodada do Campeonato Estadual.

O resultado coloca o Galo na liderança provisória da tabela, ao lado do Comercial, que também largou com vitória, no sábado, sobre a Serc (2 a 0).

Os gols foram marcados pelo atacante Daniel, que veste a camisa operariana pela primeira vez, e pelo meio-campista Fernandinho, campeão estadual com o Galo no ano passado.

As arquibancadas e cadeiras do Morenão receberam 2.050 torcedores para a partida. Destes, 1.656 pagantes e 394 convidados. A renda do jogo somou R$ 30.620,00.

Na próxima rodada, o Operário viaja para enfrentar o Águia Negra, em Rio Brilhante. O confronto será na quarta-feira (23), às 20h10min, no Ninho da Águia.

O Corumbaense volta a campo somente no próximo fim de semana, já que não obteve a liberação do Estádio Arthur Marinho e o duelo com o Novo pela segunda rodada foi adiado para o dia 13 de fevereiro.

A equipe visita também o Águia Negra no domingo (27), às 18h, no Ninho da Águia, pela terceira rodada.

Fonte: Correio do Estado

 

Outros dois homens morreram e cinco pessoas ficaram feridas na colisão que aconteceu na tarde deste domingo


Uma das vítimas do acidente da tarde deste domingo (20) na BR-262 é uma ciclista que passava pelo local no momento da colisão. Segundo informações preliminares, ela foi atropelada depois o Ford EcoSport invadiu a contramão e atingiu outros dois veículos, um Honda CRV e um Gol.

O acidente, que aconteceu a cerca de cinco quilômetros da entrada de Anastácio, resulto na morte da ciclista, de dois homens e deixou ainda cinco pessoas feridas.

Informações preliminares apontam que o motorista da EcoSport seguia em direção a Capital quando teria invadido a pista contraria e atingido os outros dois veículos. Com a colisão o CRV saiu da pista e atropelou a ciclista, que estava no acostamento da rodovia. A mulher ficou embaixo do veículo e não resistiu aos ferimentos.

O Gol também saiu da rodovia e só parou em meio ao matagal nas margens da BR-262. No EcoSport, dois homens ficaram presos as ferragens e morreram no local. Outras cinco pessoas foram socorridas e levadas para o hospital de Aquidauana. Até o momento, nenhuma das vítimas foi identificada.

Conforme o Corpo de Bombeiros, a suspeita é que o motorista EcoSport tenha dormido ao volante. Os dois sentidos da pista ficaram completamente interditados, causando um congestionamento de três quilômetros de cada lado. Após mais de uma hora de espera, os motorista foram orientados a seguirem viagem por uma rota alternativa.

Fonte: Campo Grande News

 

Escritor atingiu os parlamentares sul-mato-grossenses eleitos Soraya Thronicke e Tio Trutis

O filósofo, escritor e guru do presidente Jair Bolsonaro (PSL), Olavo de Carvalho, criticou viagem à China de uma comitiva de parlamentares do PSL, entre eles os sul-mato-grossenses, Soraya Thronicke e Tio Trutis, respectivamente, senadora e deputado federal eleitos. Ele irritou-se com a ideia de ser apresentado no início do ano legislativo (fevereiro) projeto de lei que obriga a implantação de tecnologia chinesa de reconhecimento facial em locais públicos, para auxiliar as forças de segurança pública no combate ao crime e na captura de suspeitos ou foragidos. Em publicações nas redes sociais, Olavo chamou os correligionários de Bolsonaro de “semianalfabetos” e “caipiras”.

“Instalar esse sistema nos aeroportos brasileiros é entregar ao governo chinês as informações sobre todo mundo que mora no Brasil”, afirmou ele, num vídeo postado no Twitter, na noite de quarta-feira (16). Ainda na rede social, o escritor, que é o responsável pela indicação dos ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Ricardo Vélez Rodríguez (Educação), disse que os parlamentares do PSL estavam fazendo uma loucura ao entregar o Brasil para o poder chinês.

“Vocês são idiotas, meu Deus do céu? Vocês têm ideia da extensão da tecnologia chinesa de controle comportamental? Vocês não estudaram nada disso nem querem estudar. Estão achando lindo que foram convidados para ir para a China. É um bando de caipiras”, criticou Olavo.

Fonte: Correio do Estado

 

Fogo quase atingiu residência da vitima


Por pouco, a residência do jornalista Toni Gilson Reis, foi alvo de ataque na madrugada desta quinta-feira (17), em Sidrolândia, cidade a 70 quilômetros da Capital. Os criminosos teriam jogado um galão de gasolina no veículo da vítima que estava ao lado da casa e atearam fogo.

Por volta da 1h45 da manhã, a esposa de Toni ouviu o cachorro latindo e acordou, em seguida ouviu o barulho da explosão, foi quando chamou o marido e ambos teriam ido fora da casa ver o que aconteceu. De acordo com o site Sidrolandia News, foi nesse momento que ambos viram o carro em chamas.

Com uma mangueira tentaram apagar o fogo, para evitar que o incêndio atingisse a residência.

Ainda segundo o Sidrolandia News, Toni acionou o Corpo de Bombeiros que foi até o local e conteve as chamas. Durante a vistoria na casa foi encontrado o artefato usado para o crime, um galão destruído pelo fogo com forte cheiro de gasolina que certamente foi arremessado por cima do muro.

Conforme as informações, Toni Reis, estaria contribuindo com o Ministério Público,para comprovar atitudes de corrupção em órgãos públicos da cidade de Sidrolândia, e acredita que o crime foi uma forma de represália por parte dos investigados.

Equipe da PM (Policia MIlitar) compareceu ao local e efetua rondas na tentativa de levantar algum suspeito

Outros ataques

A residência do jornalista já foi alvo de criminosos, quando a cerca de 3 anos, recebeu disparos de arma de fogo, já no dia 12 de fevereiro de 2018, a residência do também Jornalista José Pereira do Site Sidrolandia News, recebeu 29 tiros de pistola, e nessa madrugada novamente o crime se repetiu na cidade contra um jornalista sem que a polícia até o momento consiga sequer uma pista para identificar os autores na cidade do interior do estado do Mato Grosso do Sul, onde nesta madrugada a Polícia Militar compareceu no local e efetuou rondas na tentativa de levantar alguma evidência que identifique o autor do ataque.

Fonte: Midiamax

 

 

 

Os dados são da Polícia Federal, levantados junto ao Sistema Nacional de Armas

Em um ano, o número de autorizações para porte de armas de fogo dobrou em Mato Grosso do Sul. Enquanto em 2017, 45 pessoas receberam autorização para portar armento, no ano passado, o número saltou para 90 no Estado. Os dados são da Polícia Federal, levantados junto ao Sistema Nacional de Armas (Sinarm).

Por outro lado, o levantamento mostra que a quantidade de registros de armas caiu no Estado. De 561, em 2017, passou para 299 no ano passado, conforme dados apurados entre 1º de janeiro e 25 de outubro.

Os dados indicam ainda que a maioria dos registros foram feitos em nome de pessoas físicas, sendo apenas 62 para a Segurança Pública.

Conforme o empresário Antônio Aranis Saldanha, que é proprietário de uma loja de armas em Campo Grande há 9 anos, a procura por informações de como comprar uma arma, além de orçamentos, aumentou 60% depois da vitória de Jair bolsonaro, para presidente da república.

“A maioria das compras são feitas pela internet, no site. O que dá para perceber é que as pessoas realmente não sabem que para comprar armas é preciso atender uma série de exigências”, diz o empresário.

Saldanha acredita que se os pedidos de orçamento se efetivarem, as vendas devem crescer, mas, por enquanto, a procura se limita a informações, já que o custo de um revólver simples pode variar de R$ 2,8 mil a R$ 8 mil.

DECRETO

Ontem, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) assinou um decreto que facilita a posse de armas de fogo. O texto regulamenta o registro, a posse e a comercialização de armas de fogo e munição no país.

Pela nova regra, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão comprar até quatro armas de fogo para guardar em casa. Mas os interessados ainda deverão preencher alguns requisitos, como passar por avaliação psicológica e não ter antecedentes criminais.

Em tese, o que muda com o novo decreto é que não há necessidade de uma justificativa para a posse da arma. Antes esse item era avaliado e ficava a cargo de um delegado da Polícia Federal, que poderia aceitar, ou não, o argumento.

“E o grande problema que tínhamos na lei é comprovação da efetiva necessidade, isso beirava a subjetividade, então, bem costurado, o senhor ministro [da Justiça] Sergio Moro, o senhor ministro, também Fernando, da Defesa, entre outros, chegamos à conclusão de que tínhamos, sim, como não driblar, mas fazer justiça com esse dispositivo previsto na lei, de modo que o cidadão pudesse, então, sem a discricionariedade, obter, observando alguns outros critérios, a posse da sua arma de fogo”, disse Bolsonaro.

Além de militares e agentes públicos da área de segurança ativos e inativos, poderão adquirir armas de fogo os moradores de áreas rural e urbana com índices de mais de 10 homicídios por 100 mil habitantes, conforme dados do Atlas da Violência 2018, produzido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Donos e responsáveis por estabelecimentos comerciais ou industriais também poderão adquirir o armamento, assim como colecionadores de armas, atiradores e caçadores, devidamente registrados no Comando do Exército.

Caso na residência haja criança, adolescente ou pessoa com doença mental, será necessário apresentar uma declaração de que existe um cofre ou outro local seguro com tranca para o armazenamento da arma.

REGISTROS

O registro e a análise da documentação continuam sob responsabilidade da Polícia Federal, mas, segundo Bolsonaro, futuramente, de acordo com a demanda, poderá haver convênios com as polícias militares e civis para esse trabalho.

O prazo para a renovação do registro da arma de fogo passará de cinco anos para 10 anos. Os registros ativos, feitos antes da publicação do decreto, estão automaticamente renovados pelo mesmo período.

POSSE X PORTE

O direito à posse é a autorização para manter uma arma de fogo em casa ou no local de trabalho (desde que o dono da arma seja o responsável legal pelo estabelecimento). Para andar com a arma na rua, é preciso ter direito ao porte, cujas regras são mais rigorosas e não foram tratadas no novo decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Fonte: Correio do Estado

 

Policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) apreenderam na noite de sexta-feira (11), por volta das 22h45, dez veículos que trafegavam no sentido Ponta Porã a Maracaju carregados com produtos de origem estrangeira, sem a comprovação da regularidade fiscal, que seriam revendidos na cidade de Nova Alvorada do Sul.

As apreensões ocorreram durante abordagens para fiscalização na rodovia MS-164, região de Maracaju. Foram apreendidos os seguintes materiais: 87 caixas de óculos, 22 caixas de maquiagem, cinco caixas de bateria para aparelho de celular, 25 caixas de brinquedos diversos e cinco caixas de isqueiro.

As ocorrências foram registradas e entregues na Receita Federal de Ponta Porã.

Fonte: Jornal da Nova

 

Segundo um vizinho, foi a filha que encontrou o bebê deitado na calçada e o levou para a casa. La, acionaram o socorro e a polícia

Uma menina de 11 anos fumou maconha e um bebê de apenas um ano tomou cachaça, na noite deste domingo (6), ao serem deixados sozinhos pela mãe. Os dois precisaram ser levados para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Universitário, em Campo Grande.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por vizinhos, a mulher que havia deixado os filhos sozinhos já estava na casa, mas totalmente embriagada.

O bebê de um ano foi encontrado desacordado, ele e a menina estavam na companhia da mãe, todos foram levados para a unidade de saúde. As crianças foram medicadas e atendidas pela assistência social do posto de saúde.

A mulher, após ser medicada, foi levada para a Delegacia de Polícia Civil e autuada por maus-tratos, ela foi ouvida e liberada. Com informações do Campo Grande News

Fonte: Jornal da Nova

 

Autor disse que dinheiro era para tratamento de irmã

Na madrugada desta segunda-feira (7), um jovem de 19 anos procurou a delegacia para registrar um boletim de ocorrência de extorsão depois de ser ameaçado pelo Facebook.

O jovem disse na delegacia que recebeu mensagens pelo Facebook de uma suposta mulher fazendo ameaças de divulgar um vídeo do jovem, onde ele aparece nu, para seus parentes e nas redes sociais. A vítima contou que acredita que o autor seja homem pela maneira como escreve, e não mulher como teria se apresentado.

Nas ameaças, a suposta mulher pede para que o jovem faça um depósito no valor de R$ 250 em uma loja de roupas da Capital ou em uma conta corrente da Costa do Marfim. A vítima contou que se reconheceu no vídeo, com o qual estava sendo ameaçado pela autora, mas que já havia deletado há muito tempo.

Ainda segundo o jovem, a autora teria dito que o dinheiro seria para o tratamento da irmã, que está com câncer. Ele ainda falou não saber quem possa ser esta pessoa.

Fonte: Midiamax

 

Foi liberado depois de 22 horas em poder dos bandidos

Um caminhoneiro de 45 anos foi feito refém e levado para um cativeiro, depois de ser abordado em um posto de combustível, em Campo Grande, no sábado (5). A vítima não soube dizer o local exato onde foi surpreendido, já que estava voltando para o estado de São Paulo.

Informações do boletim de ocorrência são de que por volta das 13h30 deste sábado (5) estava parado com seu caminhão na tentativa de arrumar um frete, já que estava voltando para São Paulo, quando foi surpreendido por uma dupla que entrou na cabine no veículo.

Os bandidos ficaram escondidos na cama atrás do banco do caminhoneiro, que foi obrigado a dirigir, por aproximadamente 30 quilômetros até chegaram a uma residência, onde estava uma mulher.

A vítima foi deixada em um cômodo, enquanto o caminhão foi levado pelos autores. Depois de 22 horas preso no cativeiro, o homem foi colocado dentro de um veículo Volkswagen Gol o abandonando em uma estrada vicinal.

Segundo o caminhoneiro, um dos autores tinha uma tatuagem bem colorida no antebraço esquerdo, mas ele disse não se lembrar da figura. Sobre as características dos outros autores, não há informações na ocorrência.

Fonte: Midiamax

 

Pagina 1 de 17

Salvar

 

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top