Educação (81)

Participantes que solicitaram a isenção da taxa do Exame Nacional do Ensino Médio podem conferir hoje (17) se os pedidos foram ou não aceitos. O resultado estará disponível na Página do Participante.

Para consultar o resultado, será necessário informar o CPF e a senha criada na hora de fazer a solicitação.

Os estudantes que não tiverem a solicitação aceita poderão entrar com recurso no período de 22 a 26 de abril, também na Página do Participante. O resultado do recurso será divulgado no mesmo endereço, a partir de 2 de maio.

Para participar do exame, os estudantes - com ou sem isenção da taxa - devem fazer a inscrição no período de 6 a 17 de maio.

Ao todo, 3.687.527 estudantes solicitaram a isenção da taxa de inscrição do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2019, de acordo com o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).

O prazo para pedir a isenção da taxa do Enem terminou no último dia 10. A taxa de inscrição deste ano é R$ 85.

Também nesta quarta-feira será divulgado o resultado das justificativas dos estudantes que não pagaram o Enem 2018 e que, por algum motivo, faltaram às provas. Para pedir isenção novamente este ano, esses estudantes tiveram que apresentar uma justificativa da ausência.

Estudantes isentos - Têm direito à isenção da taxa os estudantes que estão cursando a última série do ensino médio em 2019 em escola da rede pública; aqueles que cursaram todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada, com renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio, o que, em valores de 2019, equivale a R$ 1.497.

São também isentos os participantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica, ou seja, membros de família de baixa renda com Número de Identificação Social (NIS), único e válido, com renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 499), ou renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 2.994).

Enem 2019 - O Enem será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro. As notas do exame podem ser usadas para ingressar em instituição pública pelo Sisu (Sistema de Seleção Unificada), para obter bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior pelo Prouni (Programa Universidade para Todos) e para obter financiamento pelo Fies (Fundo de Financiamento Estudantil).

Fonte: Agencia Brasil

 

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

O Enem será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro

Ao todo, 3.687.527 estudantes solicitaram a isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, de acordo com balanço divulgado hoje (12) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O resultado final, ou seja, se os pedidos foram aceitos ou não, será divulgado no dia 17 de abril, na Página do Participante.

Também no dia 17 será divulgado o resultado das justificativas dos estudantes que não pagaram o Enem 2018 e que, por algum motivo, faltaram às provas. Para pedirem isenção novamente este ano, esses estudantes tiveram que apresentar uma justificativa da ausência.

Para consultar o resultado, será necessário informar o CPF e senha criada na hora de fazer a solicitação. O prazo para pedir a isenção da taxa do Enem terminou na última quarta-feira (10). A taxa de inscrição deste ano é R$ 85.

Os estudantes que não tiverem a solicitação aceita poderão entrar com recurso, no período de 22 a 26 de abril, também na na Página do Participante. O resultado do recurso será divulgado, no mesmo endereço, a partir de 2 de maio.

Para participar do exame, os estudantes, com ou sem isenção da taxa, devem fazer a inscrição no período de 6 a 17 de maio.

Estudantes isentos

Têm direito à isenção da taxa os estudantes que estão cursando a última série do ensino médio em 2019 em escola da rede pública; aqueles que cursaram todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada, com renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio, o que, em valores de 2019, equivale a R$ 1.497.

São também isentos os participantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica, ou seja, membros de família de baixa renda com Número de Identificação Social (NIS), único e válido, com renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 499), ou renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 2.994).

Enem 2019

O Enem será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro. No primeiro dia de prova, os participantes responderão a questões de linguagens e ciências humanas e farão a prova de redação. Para isso, terão 5 horas e 30 minutos No segundo dia, os estudantes terão 5 horas para resolver as provas de ciências da natureza e matemática.

Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados no Portal do Inep e no aplicativo oficial do Enem até o dia 13 de novembro. O resultado será divulgado, conforme o edital, em data a ser divulgada posteriormente.

As notas do Enem podem ser usadas para ingressar em instituição pública pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para obter bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Fonte: Agencia Brasil

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

O ministro esteve na corda bamba desde o início de seu mandato, com decisões e declarações polêmicas ao MEC e à imagem do governo de Jair

O martelo foi batido: após polêmicas envolvendo o Ministério da Educação (MEC), o titular da pasta, Ricardo Vélez, foi demitido do cargo de ministro da Educação. O anúncio foi feito pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) noTwitter, nesta segunda-feira (8/4). Assume a pasta o professor Abraham Weintraub.

O novo ministro da Educação é economista, formado pela Universidade de São Paulo (USP) em 1994, e mestre em finanças pela Fundação Getúlio Vargas. Atualmente, ele trabalha como professor da Unifesp.

O ministro esteve na corda bamba desde o início de seu mandato, com decisões e declarações polêmicas, que impactaram tanto o MEC quanto a imagem do governo de Jair Bolsonaro. Na semana passada, o presidente indicou que decidiria o futuro do ministro nesta segunda e avaliou que o ministro “não estava dando certo”. Em outra oportunidade, Bolsonaro chegou a dizer que Vélez “não tinha tato político” e que “tinha problemas” com o assunto. as declarações foram vistas como indicativos de que o ministro não permaneceria no cargo, como de fato aconteceu.

Na última semana, cresceu a especulação de que o senador pelo Distrito Federal Izalci Lucas (PSDB-DF) poderia ocupar o cargo de ministro, o que acabou não acontecendo. Na época, Bolsonaro disse que não havia pensado em um nome para a posição e chegou a brincar que ainda não tinha ficado “viúvo” para pensar no nome da “próxima noiva”

Crise no MEC
Ricardo Vélez durou menos de 100 dias no governo como ministro da Educação. Nesse período, ele demitiu 92 pessoas do alto escalação do MEC. A última exoneração ocorreu na quinta (4), com o afastamento do escritor Bruno Garschagen, um dos principais assessores do ministro.

Com os descompassos na pasta, cargos importantes, como o comando do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), estão vagos. Além disso, nesse período, 20,8% dos servidores pediram demissão, como a ex-secretária de Educação Básica Tânia Leme de Almeida, que deixou a pasta por não ter sido consultada sobre a decisão de o ministro suspender a avaliação de alfabetização.

Além da série de demissões do alto escalão do MEC, Vélez também gerou problemas ao governo devido a declarações polêmicas que deu enquanto estava à frente da pasta. Entre elas, a sugestão para alterar a maneira como é retratado o golpe de Estado que retirou o presidente João Goulart do poder, em 1964. O ministro disse que gostaria de rever a forma como o evento era chamado, banindo o termo ditadura.

Durante o mandato, o ministro enviou uma carta às escolas pedindo para os professores filmarem alunos perante a bandeira durante a execução do Hino Nacional e, após esse momento, pediu que lessem uma mensagem com o slogan da campanha eleitoral de Bolsonaro. O pedido foi retificado na sequência.

Comunico a todos a indicação do Professor Abraham Weintraub ao cargo de Ministro da Educação. Abraham é doutor, professor universitário e possui ampla experiência em gestão e o conhecimento necessário para a pasta. Aproveito para agradecer ao Prof. Velez pelos serviços prestados.

— Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) 8 de abril de 2019

Fonte: Metropolis

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Estudantes têm até o dia 5 de abril para concluir o processo; enquanto isso, eles estão sem aula

O Ministério da Educação (MEC) prorrogou até esta sexta-feira (5) o prazo para os estudantes selecionados no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) conseguirem concluir a sua inscrição. Devido a falhas no sistema do Fies, aprovados pelo programa estão sem poder ir à aula em universidades particulares, que pedem a finalização do processo de matrícula.



"Diante das dificuldades verificadas, o MEC esclarece que não haverá prejuízo ao estudante para a contratação do Fies. O prazo para validação da inscrição pela instituição de ensino foi ampliado para o dia 5 de abril", comunicou o ministério.

Falha

A lista de candidatos aprovados no Fies no primeiro semestre de 2019 foi divulgada em 25 de fevereiro. O edital previa que os estudantes completassem a inscrição entre os dias 26 de fevereiro a 7 de março. No entanto, quando os estudantes chegaram à fase de fechar o contrato do Fies com a Caixa Econômica Federal, eles foram informados que faltam informações no cadastro para finalizar o processo.

No mês passado, o prazo já havia sido prorrogado até 11 de março. Agora, foi estendido para o dia 5 de abril.

Segundo o Fies, um problema sistêmico tem impedido a troca de informações com o agente financeiro. Ainda de acordo com o Fundo, erros ou problemas no sistema podem levar o MEC ou os bancos operadores do programa a prorrogarem o prazo de conclusão da inscrição até 30 de junho.

Estudantes sem matrícula

O programa oferece 100 mil contratos de financiamento em cursos de graduação em universidades privadas. Os financiamentos são vantajosos por não terem juros e por conta da forma de pagamento facilitada.

Até que o problema seja resolvido, os estudantes estão sem poder ir à aula e correm o risco de perder o semestre.

Nota

Leia a íntegra da nota do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), emitida nessa segunda-feira (1º):

"Foi identificado um problema sistêmico que tem impedido a troca de informações com o agente financeiro em relação aos candidatos pré-selecionados do Fies referente a este primeiro semestre de 2019. Nesse contexto, de acordo com o Edital SESU/MEC nº 1, de 2.1.2019, item 6.2 das disposições finais, os estudantes não serão prejudicados em relação ao prazo para contratação do financiamento tendo em vista que haverá prorrogação e, assim, poderão contratar normalmente o financiamento estudantil, desde que atendidos os demais requisitos para concessão do financiamento, nos termos da Portaria MEC nº 209, de 2018, e dos normativos vigentes da modalidade Fies. Veja abaixo trecho de edital que aponta essa possibilidade:

6.2. Exclusivamente para a modalidade Fies, em caso de erros ou da existência de óbices operacionais por parte da IES, da CPSA, do agente financeiro ou dos gestores do Fies, que resultem na perda de prazo para validação da inscrição e contratação do financiamento pelo CANDIDATO pré-selecionado, a SESU/MEC ou o agente operador do Fies, a depender do momento em que o erro ou óbice operacional for identificado, poderão, até o dia 30 de junho de 2019, adotar as providências necessárias à prorrogação dos respectivos prazos, nos termos do art. 107 da Portaria MEC nº 209, de 2018, após o recebimento e avaliação das justificativas apresentadas pela parte interessada e, se for o caso, autorização da SESu/MEC sobre a existência de vagas."

Fonte: Noticias ao minuto

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Em meio a uma crise no Ministério da Educação do presidente Jair Bolsonaro (PSL), estudantes do país todo relatam uma série de dificuldades para se matricular pelo Fies (programa de financiamento estudantil).

Por causa das falhas, parte dos alunos está sendo impedida de frequentar as aulas, que já começaram há mais de um mês, e até de fazer as provas.

Eles dizem chegar a fazer périplos diários há quase um mês por agências bancárias e instituições de ensino na tentativa de resolver a questão, sem sucesso.

A Folha de S.Paulo ouviu 20 estudantes de 11 estados nessa situação.

O problema ocorre principalmente na obtenção do DRI (Documento de Regularidade de Inscrição) ou de DRM (Regularidade de Matrícula), necessários para a contratação ou continuidade do financiamento.
Por falha na transmissão de dados do governo federal, as instituições de ensino não estão conseguindo emitir o documento.

"Sempre aparece que o sistema do Fies está fora do ar ou que o documento está sem data ou chave de segurança", diz Sandy da Silva, 21, de Cabedelo (PB).

Paolla Alvim, 19, conta que entregou sua documentação à faculdade em Mogi das Cruzes (SP) ainda antes do Carnaval. "Assim que acabou o feriado entrei em contato e me informaram que a DRI tinha vindo sem a chave de segurança e a data e que tinham feito uma demanda para o MEC arrumar."

"Achei que, no máximo, em uma semana ia estar tudo resolvido", afirma. "Ontem fez um mês que eu entrei com a minha documentação, e a DRI ainda não foi arrumada.

Outros estudantes contam que conseguiram o documento com as informações corretas após seguidas tentativas, mas não conseguem completar a etapa seguinte –a emissão do contrato em uma agência bancária.

"Quando o gerente pesquisa [no sistema do Fies] aparece a mensagem 'aluno não encontrado'", diz Thais Pereira, de Arujá (SP), em relato similar ao de outros alunos.

Isabela Ferreira, 22, conta que, com um bebê recém-nascido, tem passado por todos esses problemas para continuar a estudar.

"Minha primeira DRI veio sem data e código de segurança. Estava com um bebê de cinco dias, de resguardo, e mesmo assim fui. Me informaram que eu deveria ir ao banco. Fui e me informaram que eu não estava sendo encontrada no sistema. Liguei para o MEC e falaram para eu abrir uma demanda. Até agora não foi respondida", afirma.

"Espero poder terminar o meu resguardo em paz sem precisar sair de casa o tempo todo para resolver o problema."

Assim como ela, diversos alunos afirmam que procuraram o MEC e o FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), mas só recebem respostas vagas.

Parte das instituições tem permitido que os estudantes afetados pelas falhas assistam às aulas. Mas outras não liberam, e mesmo algumas das que o fazem não estão autorizando os estudantes a fazer provas.
"Estou com a vida estagnada", reclama Paolla. "Recebi uma proposta de emprego e não pude aceitar porque bateria com o horário em que eu teria aula, mas não estou tendo."

"Estamos sendo prejudicados por um erro que não é nosso, afinal nossa parte fizemos: estudar, fazer o Enem, passar e entregar a documentação regularizada", diz Maria Edite Barbosa, 23, de Petrolina (PE).

Segundo o diretor executivo da ABMES (Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior), Sólon Caldas, a orientação da entidade é que as instituições permitam que os estudantes nessa situação possam frequentar as aulas.

Os sistemas de inscrições e matrícula do Fies já haviam apresentado problemas em anos anteriores, mas nada comparável ao que ocorre atualmente, afirma ele. "Às vezes dava problema na contratação, mas eram casos pontuais. Agora deu pane geral."

Procurado, o MEC afirmou que os problemas com o DRI deveriam ser esclarecidos pelo FNDE, que, por sua vez, é vinculado à pasta. O órgão não respondeu até o momento. A reportagem será atualizada assim que isso acontecer.

Em mais um desdobramento da crise que afeta o MEC, nesta sexta-feira (29), o ex-assessor especial do FNDE Ricardo Machado Vieira foi nomeado secretário-executivo do ministro Ricardo Vélez Rodrígues.
Na quinta-feira (28), Bolsonaro afirmou que Vélez Rodríguez "tem problemas" por ser "novo no assunto".

O núcleo militar do governo avalia que a queda do ministro de Vélez Rodrígues é questão de tempo e passou a defender que o tenente-brigadeiro Ricardo Machado Vieira assuma o comando da pasta.

Fonte: Correio do Estado

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Há a chance de Ricardo Vélez Rodríguez ser afastado já nesta quinta-feira (28)

O presidente Jair Bolsonaro já teria "batido o martelo" quanto à permanência do ministro da Educação no cargo, e a demissão de Ricardo Vélez Rodríguez seria apenas uma questão de tempo.

A informação é da jornalista Eliane Cantanhêde, durante o programa Em Pauta, na Globonews, na noite desta quarta-feira (27).

“Entrando no terceiro mês, já caíram 12 pessoas, houve seis recuos, Vélez Rodriguez não tem comando sobre a pasta, não sabe o que está acontecendo e isso está causando muito desgaste ao governo e ao próprio presidente”, disse a jornalista. “Pode ser em horas, pode ser em dias, mas deve ser muito rapidamente. Ele [Vélez] não vai ficar no governo”, completou.

Ainda segundo Cantanhêde, há a chance de Vélez ser afastado já nesta quinta-feira (28).

Fonte: Noticias ao minuto

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

 

Na terça-feira, 26, a Procuradoria dos Direitos do Cidadão do MPF havia dado 24 horas para que o Ministério se manifestasse

O Ministério da Educação (MEC) informou nesta quarta-feira, 27, ao Ministério Público Federal (MPF) que desistiu de pedir às escolas que enviem vídeos dos alunos cantando o Hino Nacional. Na manifestação, a consultoria jurídica da pasta afirmou que há dificuldade de armazenar os arquivos.

O consultor jurídico Cássio Cavalcante Andrade disse ter recebido a notícia "do Gabinete do Exmo. Sr. Ministro de Estado da Educação, no sentido de que, por razões técnicas de dificuldade de guarda desse material (imagens e sons), bem como de segurança, determinará a expedição de nova comunicação, com a retirada do pedido de produção e envio de vídeos".

Na terça-feira, 26, a Procuradoria dos Direitos do Cidadão do MPF havia dado 24 horas para que o Ministério se manifestasse. Na véspera, o governo havia enviado a escolas públicas e particulares um pedido para que filmassem os alunos cantando o Hino Nacional. O e-mail ainda recomendava que fosse lida para as crianças uma carta do ministro Ricardo Vélez Rodríguez, que termina com o slogan da campanha de Jair Bolsonaro: "Brasil acima de tudo. Deus acima de todos."

Pressionado, Vélez já havia recuado na terça-feira e escrito nova versão da carta, excluindo o slogan eleitoral do presidente.

Na manifestação ao MPF, a consultoria jurídica da pasta disse ainda que a sugestão de leitura do Hino não pode ser "objeto de censura". Reforçou ainda que a informação de que as imagens deverão ser compartilhadas "somente se houver autorização segundo a lei" respalda juridicamente a proposta.

O consultor jurídico do MEC também destacou o fato de o ministro Vélez Rodríguez ter optado por uma mensagem direta à comunidade escolar, no lugar da grande mídia, decisão que seria "menos custosa aos cofres públicos" e "mais efetiva".

Fonte: Noticias ao minuto

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Texto encaminhado por Ricardo Vélez Rodriguez também pedia filmagem de alunos cantando hino

PAULO SALDAÑA - BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O Ministério Público Federal quer que o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez, apresente a justificativa para a carta enviada às escolas em que se pedia filmagem de alunos cantando o hino nacional e a repetição do slogan da campanha do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

O Grupo de Trabalho de Educação em Direitos Humanos da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão deu o prazo de 24 horas para os esclarecimentos. O ofício cita 17 preceitos constitucionais e legais, sobretudo do ECA (Estatuto da Criança e Adolescente) que seriam desrespeitados com o recado do MEC.

Quem assina o ofício é o procurador federal dos Direitos do Cidadão substituto, Domingos Sávio Dresch da Silveira.

Após a repercussão negativa, o ministro disse nesta terça-feira (26) que a inclusão do slogan de campanha foi um erro. Também teria sido um erro o pedido de filmagens dos alunos sem autorização.

O MEC informou por nota que uma nova carta será encaminhada para as escolas, sem o slogan do governo. As filmagens devem agora ser autorizadas pelas famílias..

Fonte: Noticias ao minuto

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

O resultado do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) será divulgado hoje (25) na página do programa na internet. Ele poderá também ser verificado nas instituições de ensino participantes. Ao todo, são ofertadas 100 mil vagas na modalidade juro zero e 450 mil na modalidade P-Fies. As duas modalidades têm apenas uma chamada.

Aqueles que forem pré-selecionados para a modalidade juro zero devem complementar suas informações no FiesSeleção, no endereço eletrônico http://fies.mec.gov.br, no período de 26 de fevereiro a 7 de março de 2019, para contratação do financiamento.

Já os aprovados pelo P-Fies devem verificar os procedimentos com os agentes financeiros operadores de crédito e as instituições de ensino superior.

Na modalidade juro zero, aqueles que não forem selecionados serão incluídos automaticamente na lista de espera. Esses estudantes devem acompanhar sua eventual pré-seleção do dia 27 de fevereiro a 10 de abril, na internet.

Na modalidade P-Fies não há lista de espera.

Fonte: Campo Grande News

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

PUBLICIDADE

Fies - O Fies oferece financiamento para cobrir os custos das mensalidades de instituições privadas de ensino superior.

A modalidade de financiamento com juro zero é voltada para os estudantes com renda per capita mensal familiar até três salários mínimos. Nessa modalidade, o aluno começará a pagar as prestações respeitando o limite de renda.

O P-Fies é destinado aos estudantes com renda per capita mensal familiar até cinco salários mínimos. A modalidade funciona com recursos dos fundos constitucionais e de Desenvolvimento e com recursos dos bancos privados participantes.

Podem participar do programa os estudantes que fizeram o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), a partir da edição de 2010, e obtiveram nota média nas provas igual ou superior a 450. Além disso, não podem ter zerado a redação.

Os bolsista parciais do Prouni (Programa Universidade para Todos), ou seja, aqueles que têm bolsa de 50% da mensalidade, podem participar do processo seletivo do Fies e financiar a parte da mensalidade não coberta pela bolsa.

Dentre os casos, os com renda superior a exigida nos editais

Ao menos 21 alunos do curso de Medicina da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) correm risco de serem expulsos da instituição após denúncias, publicadas pelo Correio do Estado, sobre fraudes nas cotas. Ao todo, 23 estudantes tiveram de passar por uma banca de verificação das informações que prestaram para ter acesso à política social. Deste total, apenas dois tiveram os resultados deferidos. Eles ainda podem entrar com recurso.

No ano passado, estudantes espalharam cartazes pelo Centro Acadêmico de Medicina apontando para o problema e denunciaram o caso para a UFMS. Conforme a denúncia, alguns estudantes beneficiados tinham estilo de vida incompatível com o preconizado no edital quando o quesito se tratava da renda. Outros deixavam dúvidas em relação ao fenótipo e tinha até acusação de laudo médico falsificado.

Três denúncias sobre o assunto foram feitas junto ao Ministério Público Estadual, mas, dois casos já foram arquivados. Um deles em maio ano passado após chegarem a conclusão que não havia irregularidades. Outro arquivado em agosto de 2018 pelo mesmo motivo. Um terceiro foi transformado em inquérito e ainda está sob investigação. A Polícia Federal também foi informada sobre o caso.

Após as denúncias serem publicadas na imprensa e a PF ter sido acionada a UFMS acabou convocando uma banca para confirmar a veracidade das informações prestadas pelos estudantes. Os alunos que passaram pela nova avaliação ingressaram na instituição entre 2015 e 2017. O resultado foi divulgado nesta semana.

Professores e técnicos administrativos em Educação, do quadro de servidores da UFMS, fizeram parte da banca. O resultado definitivo será divulgado ainda este mês.

OUTRA POLÊMICA

Os critérios de avaliação para o acesso à política social foram postos em xeque novamente esta semana, quando candidatos começaram a reclamar porque foram reprovados pela banca. Este é o caso de Bellity Arruda, de 18 anos, que teve a avaliação do sistema de cotas indeferida por duas vezes por não ser considerada parda pela comissão avaliadora.

Victória Viana, de 17 anos, também teve o pedido indeferido e decidiu acionar a Justiça. Ela procurou a Defensoria Pública e entrou com mandado de segurança sobre o caso. A estudante passou em Administração e marcou a opção de cota destinada a pessoas pretas ou pardas. “Minha documentação não tem nenhuma falando que eu sou branca. Eu me considero parda e, é claro, que sou parda. É muita injustiça”, finalizou.

A assessoria de comunicação da UFMS enviou ontem uma nota sobre o assunto afirmando que, no processo de avaliação para cotas são levadas em consideração as características físicas (fenotípicas) do candidato, que são verificadas mediante a presença perante a Banca de Veracidade da Autodeclaração. Todos os candidatos inscritos em vagas reservadas sob o critério raça/cor são convocados para comparecer.

Ainda conforme a Universidade, após a divulgação do resultado, há um período reservado para os candidatos entrarem com recurso.

Fonte: Correio do Estado

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Pagina 1 de 6

Salvar

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top