Educação (44)

Um homem ficou ferido em um acidente de trânsito que ocorreu na tarde desta quinta-feira (17), na rodovia MS-134, entre Batayporã e Nova Andradina.

Segundo populares que estavam no local, o condutor do Fiat/Pálio Weekend, cor prata, com placas de Batayporã, seguia sentido a Nova Andradina, quando a cerca de 500 metros da base operacional da PMR (Polícia Militar Rodovíaria), teria perdido o controle direcional, atravessado a via contrária e parado numa vegetação.

A vítima ficou ferida, e ainda de acordo com os populares, foi socorrida pelos próprios policiais rodoviários, até o Hospital Regional, em Nova Andradina.

Fonte: Jornal da Nova

Mesmo os candidatos que pediram isenção da taxa de inscrição no Enem devem se inscrever

As inscrições para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) começam às 10h de segunda-feira (7) e vão até o dia 18 de maio. Mesmo os candidatos que pediram isenção da taxa de inscrição no Enem devem se inscrever, na página do participante. As informações são da Agência Brasil.

O pagamento da taxa de inscrição para quem não conseguiu a isenção, no valor de R$ 82, pode ser feito até o dia 23 de maio, nas agências bancárias, casas lotéricas e agências dos Correios.

Para fazer a inscrição, o participante deverá apresentar o número do CPF e do documento de identidade e criar uma senha. O número de inscrição gerado e a senha cadastrada deverão ser anotados em local seguro, pois serão solicitados para o acompanhamento da situação da inscrição na página do participante. Esses dados também serão usados para consulta do Cartão de Confirmação da inscrição e para a obtenção dos dados individuais dos candidatos.

Na hora da inscrição, o candidato deverá informar um endereço de e-mail válido e um número de telefone fixo ou celular, que serão usados para enviar informações sobre o exame. Também deve ser indicado o município onde o candidato quer realizar o exame e a língua na qual quer fazer a prova de língua estrangeira (inglês ou espanhol).

ATENDIMENTO

O candidato que necessitar de atendimento especializado ou específico deve fazer essa solicitação no ato da inscrição. O atendimento especializado pode ser pedido para pessoas com problemas como baixa visão, cegueira, deficiência física, deficiência auditiva, deficiência intelectual, dislexia ou autismo.

O atendimento específico pode ser solicitado para gestante, lactantes, idosos, estudantes em classe hospitalar ou com outras condições específicas.

Os candidatos travesti ou transexuais que desejarem também poderão pedir atendimento pelo nome social.

PROVAS

As provas do Enem deste ano serão realizadas em dois domingos, nos dias 4 e 11 de novembro. o primeiro dia da prova, que reúne redação e questões de linguagens e ciências humanas, terá cinco horas e meia de duração e o segundo dia, com questões de ciências da natureza e matemática, terá cinco horas.

Os resultados do Enem poderão ser usados em processos seletivos para vagas no ensino superior público, pelo Sisu (Sistema de Seleção Unificada), para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo ProUni (Programa Universidade para Todos) e para obter financiamento pelo Fies (Fundo de Financiamento Estudantil). Com informaçõesa da Folhapress.

Hoje (27) é o último dia para a inscrição no Encceja Nacional (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos). As inscrições ficam abertas até as 22h59 (no horário de Mato Grosso do Sul), na página do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira).

Até a última terça-feira (24), o Inep já havia registrado mais de 1 milhão de inscrições, sendo196,4 mil para o ensino fundamental e 824,7 mil para o ensino médio. Em 2017, quando o exame voltou a certificar o ensino médio, foram registrados 1,5 milhão de inscritos.


O Encceja é direcionado a jovens e adultos que não conseguiram concluir os estudos na idade apropriada. Quem quer a certificação de conclusão do ensino fundamental precisa ter 15 anos completos na data de realização do exame, em 5 de agosto. Já os candidatos à certificação de conclusão do ensino médio devem ter 18 anos completos. A participação é voluntária e gratuita.

Os resultados individuais do Encceja permitem a emissão de dois documentos: a certificação de conclusão de ensino fundamental ou do ensino médio, para o participante que conseguir a nota mínima exigida nas quatro provas objetivas e na redação, e a declaração parcial de proficiência, para o participante que conseguir a nota mínima exigida em uma das quatro provas ou em mais de uma, mas não em todas.

O Encceja Nacional será realizado em 5 de agosto. O Encceja Exterior, para brasileiros que vivem em outros países, será no dia em 16 de setembro. Também serão realizadas em setembro edições para pessoas privadas de liberdade no Brasil e no exterior.

Fonte: Campo Grande News

A Secretaria da Educação e Cultura da cidade informou que o caso ocorreu no distrito de Novo Paraíso, na última terça-feira (19)

Uma professora foi afastada das atividades após aparecer em um vídeo, gravado por ela mesma, ameaçando uma criança na sala de aula da creche Municipal Odete Moraes Coelho, na zona rural de Jacobina, região norte da Bahia. A Secretaria da Educação e Cultura da cidade informou que o caso ocorreu no distrito de Novo Paraíso, na última terça-feira (17).

Segundo conta o G1, a professora estava gravando a aula com um celular, no momento em que as crianças contavam histórias na sala, quando se irritou com um dos alunos.

"Não dá para contar história nenhuma porque esse troço ruim não deixa. Só se eu botar esse demônio lá fora... Se você tornar conversar eu vou furar sua cabeça de tanto dar murro e você vai ter que ficar quieto, viu? E cala a boca, cala a boca, que a menina vai contar a história. Peraí, deixa esse troço parar de rinchar", diz a professora no vídeo.

Em entrevista ao G1, o secretário de Educação, Andre Luiz Mota Sampaio, disse que a professora foi imediatamente afastada da unidade. "Pelo que ficamos sabendo, ela estava gravando uma aula e não se deu conta de que continuou gravando no momento em que agredia verbalmente a criança. Depois, ela própria publicou o vídeo num grupo de pais no WhatsApp. Recebemos o vídeo hoje [quinta] pela manhã e ficamos assustados com a situação".

Uma psicopedagoga da Secretaria da Educação acompanhará o atendimento ao aluno para evitar maiores transtornos.

Em nota, a Secretaria da Educação e Cultura disse que "condena veementemente toda forma de agressão e tomará todas as providências possíveis para que esse tipo de ato não se repita em nenhuma das unidades escolares do município".

A mãe da criança registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil.

Fonte: Noticias ao minuto

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul, por meio da Secretaria de Educação e Cultura, abriu Processo Seletivo Simplificado para Assistente de Alfabetização no âmbito do Programa Mais Alfabetização.

O programa visa “fortalecer e apoiar as unidades escolares no processo de alfabetização para fins de leitura, escrita e matemática, dos estudantes no 1º ano e no 2º ano do ensino fundamental”.

O Assistente de Alfabetização tem como principal função auxiliar o professor alfabetizador (regente de turma) nas atividades estabelecidas e planejadas pelo mesmo. A seleção será feita por meio de análise dos documentos apresentados no momento da inscrição, privilegiando a qualificação dos candidatos.

A inscrição será realizada na Escola Municipal Professor Eduardo Pereira Calado, situada na Avenida João Camargo Sobrinho Neto, 600 – Centro, do dia 18 e 19 de abril, das 7h30min às 10h30min, sala 04.

Maiores Informações falar com a Coordenação Pedagógica das Séries Iniciais do Ensino Fundamental da EM Prof. Eduardo P. Calado.

Clique aqui e veja o Edital

 

 

As inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja Nacional) deste ano serão abertas às 10h de hoje (16). O prazo para fazer a inscrição termina no dia 27 de abril. As provas serão realizadas no dia 5 de agosto. O sistema de inscrição pode ser acessado na página do Encceja na internet.

O exame é direcionado aos jovens e adultos que não concluíram os estudos na idade apropriada para cada nível de ensino. Os participantes devem ter, no mínimo, 15 anos completos na data de realização do exame, para quem busca a certificação do ensino fundamental. Quem busca a certificação do ensino médio tem que ter, no mínimo, 18 anos completos na data de realização do exame. A participação é voluntária e gratuita.

Durante a inscrição, o participante deve ficar atento à seleção das áreas de conhecimento. Quem quer o certificado de conclusão do ensino fundamental ou do ensino médio precisa ter proficiência nas quatro áreas do conhecimento e na redação. Mas o participante que já tem alguma declaração parcial de proficiência, obtida em edições passadas do Enem ou do próprio Encceja, fica liberado de fazer a prova da área na qual já tem proficiência comprovada. Na inscrição, o participante também precisa escolher a instituição na qual pretende solicitar a certificação ou a declaração parcial de proficiência.

Os resultados individuais do Encceja permitem a emissão de dois documentos: a certificação de conclusão do ensino fundamental ou do ensino médio, para o participante que conseguir a nota mínima exigida nas quatro provas objetivas e na redação, e a declaração parcial de proficiência, para o participante que conseguir a nota mínima exigida em uma das quatro provas, ou em mais de uma, mas não em todas.

Também serão realizados neste ano o Encceja para quem mora no exterior, para adultos submetidos a penas privativas de liberdade e para adolescentes sob medidas socioeducativas que incluam privação de liberdade.

Fonte: Agencia Brasil

Orelha foi incluído no quadro de formatura da turma, que já está exposto da universidade

Orelha, um simpático cachorro sem raça definida, recebeu uma homenagem de carinho dos formandos do curso de ciências biológicas da Universidade Federal de Pelotas. A homenagem incluiu uma foto do animal no quadro de formatura da turma 2017/2 que está exposto no prédio da universidade. “Há mais de sete anos ele está no curso e foi adotado pelo pessoal”, conta o diretor do curso, Althen Teixeira Filho. Orelha recebeu este nome pois teve que amputar uma das suas. “Ele é um cachorro muito sedutor, então todo mundo acaba dando comida para ele”, relata.

Durante a formatura de gabinete de alguns alunos, Orelha latiu para cada formando. Já na cerimônia, apesar de não ter comparecido, o cão foi lembrado no discurso da oradora Yasmin Mello. “Como falar de nossos homenageados e não lembrar do que é, sem dúvida, o mais querido de todos. Orelha, gostaríamos de agradecer por todos os teus "ois" cedo da manhã e por todas as vezes que tu nos acompanhaste até a parada tarde da noite. Nenhum de nós gosta de estar só e graças a ti isso sempre foi raro no nosso cotidiano.” Outros cachorros também circulam pelo campus localizado em Capão do Leão e deverão receber homenagens das próximas turmas. O diretor do curso assinou documentação com a produtora se responsabilizando por qualquer lesão ao animal.

“Queremos deixar claro que os animais não precisam ser adotados, eles têm suas casas no campus, são de todos os alunos adotados pelo Instituto de Biologia”, destaca o biólogo formado na turma Ítalo Ferreira. Para o diretor do curso, a turma expressa uma mudança de comportamento. “Os animais são irmãos dos humanos no processo evolutivo e a sensibilidade da turma reconheceu que eles têm sentimentos”, finaliza.

Fonte: Correio do Povo

Banheiros estão imundos e a merenda é bolacha de água e sal com leite

O cheiro insuportável de dejetos tomou conta da Escola Estadual Dóris Mendes Trindade, nesta quarta-feira (11), com a greve dos servidores administrativos da rede estadual de ensino em Aquidauana Sem funcionários da limpeza, merenda e secretaria, o estabelecimento opera apenas com a direção e os professores.

Os alunos do ensino médio procuraram a reportagem para relatar o sofrimento que estão passando com a sujeira dos banheiros e a falta de merenda. Segundo os estudantes, há 2 dias são servidos apenas biscoitos de sal e leite. A coordenação teria comunicado que a partir de amanhã não haverá mais refeições.

A situação da limpeza, conforme os adolescentes, é de pânico. Os banheiros dos alunos estão praticamente interditados e o mau cheiro já invadiu os corredores da escola. Nas rodas de conversas, os jovens já cogitam não irem mais para as aulas por causa da ausência dos serviços básicos da instituição.

A greve

O comando da Fetems (Federação dos Trabalhadores na Educação de Mato Grosso do Sul), Sinfae (Sindicato dos Funcionários da Educação) e o secretário estadual de Administração, Carlos Alberto Assis, marcaram reunião para o fim da manhã desta quarta-feira (11), para debaterem a greve dos servidores administrativos que atuam nas escolas, deflagrada ontem, terça-feira.

O impasse envolvendo os cerca de 6 mil funcionários que atuam no setor administrativo das escola têm a ver com a incorporação de R$ 200 no salário dos servidores.

As unidades com aulas no período integral, em Campo Grande, dispensaram os alunos no turno da tarde de ontem.

Além disso, os administrativos querem a promoção de concurso público e que o governo mexa no plano de cargo e carreira da categoria.

Fonte: TopmidiaNews

Estão abertas as inscrições para as bolsas remanescentes do Programa Universidade para Todos (ProUni). Acadêmicos matriculados nas instituições de ensino superior devem fazer inscrição até 30 de abril. Já os estudantes não matriculados em nenhuma universidade, devem se inscrever até sexta-feira (6).

O programa oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%), em cursos de graduação de instituições privadas de educação superior.

Estão aptos a concorrer a uma bolsa remanescente, os professores da rede pública de ensino ou quem tenha participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com nota superior a 450 pontos e acima de zero na redação. As inscrições devem ser realizadas pela internet, na página do programa.

As bolsas integrais são destinadas aos estudantes com renda per capita de até 1,5 salário mínimo. Já as bolsas parciais, contemplam os candidatos que têm renda familiar per capita de até três salários mínimos.

Nesta edição, foram ofertadas aproximadamente 243 mil bolsas. Dessas, 113.863 são integrais e 129.124, parciais.

Fonte: Plantão Angelica

Diretores do colégio acobertavam denúncias desde 1995

Um professor de uma escola estadual de Nioaque, município localizado a 199 quilômetros de Campo Grande, está sendo acusado pelo MP-MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) de cometer abusos sexuais contra alunas menores de idade há mais de 20 anos.

Segundo a Promotoria de Justiça de Nioaque, o professor teria costume de praticar investidas com fins sexuais contra as alunas e dar notas superiores às vítimas a fim de conseguir o consentimento sexual, “além de condutas mais graves”.

Num inquérito civil contra o abusador, o MP-MS diz que testemunhas mencionaram que o professor fazia “uso de vocabulário constrangedor” em sala de aula, com “palavrões, termos chulos e de duplos sentido, com viés sexual e erótico”, e inclusive reduzia publicamente as alunas à condição de parceiras sexuais, em tom de brincadeira.

O inquérito investiga também a conduta da diretoria escolar, que teria tentado dissuadir as mães das alunas vítimas de abuso para que não buscassem as autoridades. Denúncias contra o magistrado nos registros da escola datam desde 1995.

Segundo o depoimento das mães das alunas colhidos pelo MP-MS, os diretores tentavam evitar a formulação de denúncias contra o professor, alegando que isso geraria a exposição das alunas mas não resultaria em consequências contra o abusador.

Questionados pelo MP-MS, os diretores da instituição negaram conhecer que deveriam denunciar o professor ao Conselho Tutelar por causa dos assédios. Segundo o órgão, parentes do professor trabalhariam na administração da escola.

O fato só passou a ser de conhecimento da Promotoria de Justiça de Nioaque depois das mães das alunas se organizarem para o registro de boletim de ocorrência contra o magistrado na Delegacia de Polícia de Nioaque.

Recuperação e proteção das vítimas

Após ter concluído as investigações contra o professor, a promotora de Justiça Ana Carolina Lopes de Mendonça, que atua no caso, fez recomendações para que a escola tome cuidados para a proteção das vítimas dos abusos.

O professor já foi exonerado em novembro, e é alvo de sindicância da SED, mesmo assim o MPE-MS atribuiu à escola tarefas pedagógicas para a “recuperação moral” das alunas, como palestras, grupos de estudo e rodas de leitura que promovam “o combate ao desrespeito, à violência verbal e sexualização”.

A promotora também recomendou que seja incluído no regimento escolas das escolas de Mato Grosso do Sul a obrigatoriedade dos funcionários que souberem de crimes contra alunos para que comuniquem o conselho tutelar e o MP-MS.

Fonte: Midiamax

Pagina 1 de 4

Salvar

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top