Região (151)

O Corpo de Bombeiros de Fátima do Sul socorreu na tarde desta terça-feira (04), por volta das 15 horas, uma menina de 7 anos que foi picada por uma cobra cascavel.
A criança brincava ao redor da casa da família, que fica num sítio na Linha do Iguassú, 1º zona, na divisa de Fátima do Sul e Dourados.
Os bombeiros encaminharam a menina ao Hospital da Sias, em Fátima do Sul. Ela foi medicada e passa bem.
O réptil é nova, tem aproximadamente 50 centímetros e um guizo.

VICENTINA OLINE

A maior cachoeira de Mato Grosso do Sul, conhecida como Boca da Onça, está seca há 4 meses. Os registros da situação de um dos maiores pontos turísticos do Estado foram realizadas por proprietários e moradores da região. As primeiras fotos que mostravam o pico de 156 metros sem vazão de água foram tiradas em 20 de dezembro. Agora, quase 4 meses depois, a situação é a mesma.

“Mesmo as chuvas dos últimos meses não foram suficientes para restabelecer a vazão da água da cachoeira Boca da Onça (Bodoquena-MS-Brasil), a mais alta de MS e a oitava do Brasil? A preocupação continua! Afinal, o que acontece?”, comentou o professor universitário Edson Silva, ao postar as imagens no facebook.

Agora, a questão chegou ao Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), que irá enviar equipes ao local para investigar o motivo dos meses de seca. “A situação na cachoeira Boca da Onça,em Bodoquena ainda não era de conhecimento do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul). Agora, uma equipe do escritório regional do Instituto, em Bonito, será destacada para averiguar a denúncia e tomar as medidas necessárias”. 

Estiagem e desmatamento

Pesquisador da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) Pantanal, Ivan Bergier explicou sobre uma pesquisa que pode estar relacionada com a questão. Ainda assim, ele afirma que as hipóteses devem ser confirmadas pelas equipes na região.

O local estudado pelo pesquisador é o entorno do rio Paraguai em Ladário. O que Ivan descobriu é a hipótese de que o desmatamento pode estar relacionado com a diminuição das chuvas.

“E por que isso? Provavelmente, a hipótese que eu levantei, que é a seguinte, quando você remove a cobertura vegetal do planalto, você remove o que a gente chama de esponja. Essa esponja faz o que? O que a gente chama de ciclo de água verde. Tem o ciclo da água verde e o ciclo da água azul. A água azul são os rios, a água verde é aquela água que penetra lentamente e abastece os aquíferos. E, ao mesmo tempo, essa água é evapotranspirada pela planta, que formam as nuvens, que faz chover de novo. Então, assim, que tem sofrido mais de seca no pantanal são as áreas menos influenciadas pelos rios e mais influenciadas pelas águas de chuva, dessa chuva de origem vegetal, de entorno”, relatou.

“Agora na Bodoquena, não sei te dizer o que está acontecendo. É menos água chegando no rio, isso com certeza. Agora, essa água em menos quantidade chegando no rio, se estiver seco, deve ser porque está chovendo menos, abaixo da média histórica”, complementou.

O abastecimento dos aquíferos têm uma relação de interdependência com o bioma do cerrado, presente em Mato Grosso do Sul. É o que mostrou uma reportagem da BBC Brasil. O arqueólogo e antropólogo baiano Altair Sales Barbosa, que há quase 50 anos estuda o papel do Cerrado na regulação de grandes rios da América do Sul.

"Se você arrancar uma dessas plantas, vai contar milhares ou até milhões de raízes, e quando cortar uma raiz e levá-la ao microscópio, verá inúmeras outras minirraízes que se entrelaçam com as de outras plantas, formando uma espécie de esponja."

Similar à pesquisa de Ivan, o que o arqueólogo explica, é o sistema vegetal retém água e alimenta as plantas na estação seca. Graças a ele, as árvores do Cerrado não perdem as folhas mesmo nem mesmo no auge da estiagem - diferentemente do que ocorre entre as espécies do Semiárido, por exemplo. Barbosa conta que, quando há excesso de água, as raízes agem como esponjas encharcadas, vertendo o líquido não absorvido para lençóis freáticos no fundo. Dos lençóis freáticos a água passa para os aquíferos. 

Turismo sem água

Secretária municipal de turismo em Bodoquena, Vívian Barbosa da Cruz, explica que apesar da seca, o local continua atraindo os turistas. Ainda assim, as agências avisam os visitantes sobre a cachoeira.

“Na própria agência já é comunicado que tem pouca água”, conta. Vivian afirma que não é só a cachoeira que está sofrendo com a seca. “Não é só a cachoeira, diminuiu muito o volume de água dos rios, os rios estão baixos, devido à poucas chuvas nesse período. Esse ano choveu muito abaixo do esperado”, relatou.

MIDIA MAX

A câmera GoPro, que Guilherme e Laissa utilizaram para fotografar a viagem a Punta Cana, na República Dominicana, desapareceu de dentro da bagagem no voo que eles retornavam para Campo Grande. “Abriram a mala e retiraram de dentro, durante o voo da Gol. Fui furtado”, afirma o engenheiro Guilherme Gardini.

A viagem de volta ocorreu no dia 27 de março às 22h55. O voo que saiu do Caribe fez escala em Guarulhos (SP) e aterrissou em Campo Grande às 11h do dia 28. Ele e a esposa não perceberam o sumiço da GoPro e só viram em casa que a câmera havia sido extraviada.

O engenheiro diz que voltou ao guichê da Gol no Aeroporto Internacional de Campo Grande e abriu um RIB (Relatório de irregularidade com bagagem) e foi informado que a empresa daria uma resposta em até uma semana. Para a surpresa dele, a reposta veio até antes, no dia 31 de março. Porém, o consumidor não achou satisfatória.

A companhia aérea explicou que o procedimento para “qualquer anormalidade com a bagagem deve ser feita ainda dentro da área restrita de desembarque". Ainda foi informado que a legislação estabelece o ressarcimento de acordo com a diferença do peso da bagagem e que a orientação é levar joias e equipamentos eletrônicos na bagagem de mão. Para compensar o transtorno, a Gol ofereceu a quantia de R$ 62,45 ou 2.895 milhas.

“A câmera eu compro outra, mas lá estavam todas as minhas imagens da lua de mel, fotos do casamento e eu perdi tudo”, lamenta o engenheiro, que pretende entrar com uma ação por danos materiais e morais contra a Gol.

MIDIAMAX

O Soldado da Polícia Militar do 3º BPM de Dourados, Thiago Vieira Silva, recebeu durante a sessão ordinária da Câmara dos Vereadores de Dourados uma Moção Legislativa na segunda-feira (03), em reconhecimento ao ato que culminou na prisão de um criminoso, quando este realizava um roubo com arma de fogo em uma pizzaria na região leste de Dourados.

O policial, que estava de folga com a família, percebeu quando o criminoso armado entrou na pizzaria, fazendo o acompanhamento e posteriormente abordando o marginal. Houve luta corporal, pois segundo o entendimento do policial, não seria possível efetuar um disparo de arma de fogo com segurança, visto que a pizzaria estava cheia de pessoas e que o criminoso estava de frete com o caixa.

No dia da ação, uma das equipes do GETAM do 3º BPM rapidamente efetivou o apoio no local, encaminhando o criminoso à Delegacia de Polícia, realizando ainda a apreensão de um revólver calibre 38 utilizado no crime.

O propositor da moção, Vereador Pastor Cirilo Ramão do PMDB, enfatizou em seu discurso que policiais como o Soldado Vieira devem ser honrados por nossa sociedade e reconhecidos por todos os vereadores da casa de leis.

“O policial agiu como um verdadeiro herói, usando de toda técnica que possui para promover segurança, ainda que de folga, o que engrandece ainda mais o ato realizado naquele dia 25 de março de 2017. Sinto-me honrado em poder propor a comenda ao referido policial, que descreve muito bem a qualidade e o comprometimento de todos os Policiais Miilitares de Dourados.” Diz o vereador Pastor Cirilo Ramão.

O comandante do Pelotão de Rádio Patrulha do 3º BPM, 1º Tenente William Scaramuzzi Teixeira, acompanhou a sessão e se diz muito satisfeito com a ação de seus comandados. Acrescentou que esse tipo de episódio não é incomum na vida policial.
“Essa ação não é isolada, pois nossa formação é diferenciada e nos permite agir com segurança nesse tipo de situação, sempre pensando no bem estar da coletividade, na integridade física e patrimonial das pessoas.” Enfatiza o Tenente William.
A
Para o comandante do 3º BPM, o Tenente Coronel Carlos Silva, o reconhecimento da sociedade enaltece ainda mais os “heróis anônimos” que trabalham para a manutenção da ordem pública na cidade de Dourados.

“Os policiais do 3º BPM são verdadeiros heróis, pois sempre que há o princípio da oportunidade para evitar ou coibir um crime, independente se de folga ou de serviço, os policiais agem de forma técnica e lícita.” Conclui o Tenente Coronel Carlos Silva, comandante do 3º BPM.

Fonte Julio CT Arguelho

Ao receber voz de prisão, o homem ficou alterado e começou a xingar e ameaçar os policiais

O acidente aconteceu no final da tarde de segunda-feira (3), na Avenida José Chaves no cruzamento com a rua José Pacheco Pontes. De acordo com relatos da vítima, I.A.R.M de 41 anos, ele transitava pela avenida em uma moto, quando o carro conduzido por P.R.C.J de 47 anos, invadiu a preferencial, ocasionando a colisão entre os veículos.

A vítima caiu no chão, mas o condutor do carro não prestou socorro e fugiu do local do acidente. Após se recuperar do impacto do tombo, o homem ligou para a PM informando que foi atropelado por um motorista que aparentava estar bêbado. Dada as características do veículo, a Polícia começou as rondas e encontrou P.R.C.J, que estava em visível estado de embriaguez.

Ao receber voz de prisão, o homem ficou alterado e começou a xingar e ameaçar os policiais. Diante dos fatos, ele foi preso e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil de Itaporã para os devidos procedimentos. 

Redação Itaporã News

Um metalúrgico de 24 anos foi preso transportando mais de meia tonelada de maconha escondida no porta-malas de um um carro de passeio, na madrugada de ontem (3), na BR-163 em Dourados.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista de um Renault Logan foi abordado, desobedeceu ordem de parada e fugiu até o município de Rio Brilhante, onde abandonou o carro e tentou fugir a pé.

Policiais fizeram buscas na região e suspeito foi preso.

No veículo foram encontrados vários tabletes de maconha no porta-malas. Além disso, o carro tinha sinais de adulteração dos elementos identificadores, placas clonadas e apresentava registro de roubo/furto no estado de São Paulo.

O suspeito disse que pegou a droga em Ponta Porã e levaria até São Paulo. Segundo ele, o tráfico era realizado como forma de pagamento a uma dívida de agiotagem.

O traficante e droga foram encaminhados à Polícia Federal de Dourados.  

Correio do Estado

O mesmo foi identificado como, Anibal Arevalos Portillo (21) executado na tarde de sábado (01) por volta das 18:00hs, a tiros por pistoleiros em sua residência situada no bairro Primavera da cidade paraguaia de Capitão Bado na fronteira com Coronel Sapucaia, onde teriam chegado os pistoleiros a bordo de uma motocicleta e realizado vários disparos de pistola 9mm contra o jovem.

Agentes da Policia Nacional alertados sobre o fato, chegaram ao local onde constataram a veracidade e imediatamente comunicaram o caso aos agentes da Divisão de Homicídios que investigarão as causas e tentar identificar os autores do violento homicídio.

PORÃ NEWS

Um homem de 34 anos foi preso ontem (02) depois de manter o próprio filho como refém, numa residência no bairro São Cristóvão em São Gabriel do Oeste.

Por 45 minutos o homem manteve o garoto sobre a mira de um bisturi apontado para seu pescoço. A idade do garoto não foi revelada. De acordo com informações, foi a mulher do rapaz quem teria acionado a polícia para a ocorrência.

De acordo com a Polícia Militar, pai e filho estavam sentados no chão de um dos quartos, ameaçando atingir o garoto. Durante a negociação, o homem relatou que não havia bebida ou usado drogas, e que mantinha o filho como refém por não aceitar que outro homem o criasse.

Segundo o homem sobre qualquer desentendimento, a esposa dizia que iria embora e levaria as crianças, e que estava mantendo o filho como refém para sua mulher não o deixar.

Ainda durante a negociação com a polícia, o autor disse que o desentendimento com a mulher começou depois que ela teria quebrado seu carro no último sábado (1°).

Depois de 45 minutos de negociações o homem entregou a criança que não teve ferimentos e foi preso em flagrante. A mulher do homem disse em depoimento que o marido teria lhe agredido com socos antes dela acionar o 190, e mencionava a todo momento que se chegasse vizinho ou a polícia ele iria matar o garoto.

CAMPO GRANDE NEWS

Por volta das 4h deste domingo (2) a Polícia Militar de Nova Andradina foi acionada em uma chácara próxima ao Pesqueiro Campestre, onde uma adolescente de 15 anos solicitava socorro.

Ao chegarem no local, os PMs se depararam com a adolescente, a mãe dela de 33 anos, e um homem de 43 anos, onde o homem alegou ter contratado os serviços da menor, através de sua mãe, e após algo ter dado errado, a adolescente veio a agredi-lo, enquanto a mulher [mãe] dormia embriagada dentro do carro.

Conforme apurou o Jornal da Nova, os três foram encaminhados até a Delegacia de Polícia Civil, posteriormente o homem ficou em observação médica no Hospital Regional.

Em contato com um policial, a reportagem teve a informação que a mãe estaria vendendo o corpo da filha para homens. Mãe e filha são da cidade de Batayporã. Caso será investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Jornal da Nova

Universitários da cidade de Pedro Juan Caballero se manifestam contra o golpe politico no Paraguai na fronteira com Ponta Porã.

Uns 1.000 Universitário das faculdades Unves, Uninorte, Catolica e Columbia, saíram as ruas na noite de sexta feira (31) protestando contra a crise politica que se instalo no Paraguai, onde o presidente Horácio cartes (ANR) apoiado por um grupo buscam a qualquer preço a reeleição, situação não aceita pela população paraguaia no país que saiu as ruas nos vários estados, onde protestaram contra a reforma da constituição via uma emenda a fim de beneficiar alguns políticos que buscam se perpetuar no poder com a reeleição.

Segundo os universitários a manifestação seguira ate que o governo do Paraguai e seus apoiadores desistam da ideia, os mesmos com palavras de ordem como “Fora Cartes” e “Cartes ladrão vendedor de cocaína” os jovens se manifestaram em frente ao Palácio do Governo de Amambay na fronteira com Ponta Porã.

Políticos contra, manifestaram que durante o final de semana o numero de manifestantes deve crescer já que a população também deve sair as ruas a fim de apoiar as manifestações que acontece no país que poderia culminar em um Impeachment do atual presidente Horácio cartes no Paraguai, já que na capital Assunção o confronto com as forças de segurança e varias sedes de instituições já foram tomadas pela população.

Pagina 9 de 11

Salvar

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top