Saúde (138)

Grupos prioritários devem apresentar documentos comprobatórios

Começa nesta quarta-feira (10) a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que em MS tem como objetivo imunizar ao menos 90% do público-alvo, cerca de 795 mil pessoas. A campanha se estende até o dia 31 de maio.

Porém, a partir desta quarta-feira até o próximo dia 22 de abril, somente receberão a imunização gestantes e crianças até 5 anos, 11 meses e 29 dias de vida – esta é a principal diferença em relação ao ano passado, quando a vacina estava disponível apenas para as crianças menores de 5 anos de idade.

A partir do dia 23 de abril, logo, a campanha será estendida aos demais grupos prioritários, que são compostos por indivíduos com 60 anos ou mais de idade, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, professores das escolas públicas e privadas, povos indígenas, grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

A imunização prioritária também contempla jovens de 12 a 21 anos de idade que estão sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Onde receber a vacina
Em Campo Grande, a imunização está disponível nas 78 UBS (Unidades Básicas de Saúde) e UBSF (Unidades Básicas de Saúde da Família). De acordo com a Sesau, a pasta organiza estratégia para intensificar a imunização contra a gripe durante os fins de semana, somente nos CRS (Centros Regionais de Saúde).

Além disso, a Sesau também manterá um “trailer de imunização” na Praça Ary Coelho, dos dias 29 de abril até 5 de maio, durante o horário comercial. Vale lembrar que no dia 4 de maio será o “Dia de Mobilização Nacional – Dia D”.

Vale lembrar que para receber a imunização, é preciso portar o Cartão Nacional de Saúde (Carteirinha do SUS), cédula de identificação e algum documento que comprove o grupo prioritário.

De acordo com a SES (Secretaria de Estado de Educação), em 2018 a cobertura vacinal atingiu 92,68% do público alvo – 573.562 pessoas. O número superou a média nacional, que proporcionou imunização de 90,87% desta população.

Fonte: Midiamax

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Arthur Araújo Lula de Silva morreu aos 7 anos no dia 1º de março, no Hospital Bartira, em Santo André (SP). Meningite meningogócica foi divulgada como causa da morte

A Prefeitura de Santo André, na Grande São Paulo, informou nessa segunda-feira (1º) que a causa da morte de Arthur Araújo Lula de Silva, aos 7 anos, não foi meningite meningogócica, como divulgado inicialmente. O neto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva morreu no dia 1º de março, no Hospital Bartira, do grupo D’Or.

A doença foi divulgada como causa da morte. Arthur deu entrada no hospital, às 7h20 do dia 1º de março, com sintomas como febre, dor no corpo e enjoo. O quadro era estável, mas rapidamente se agravou. Ele morreu às 12h36 do mesmo dia.

Em nota, a prefeitura informou que a Secretaria Municipal de Saúde encaminhou amostras coletadas no hospital para análise do Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. Os exames deram negativo para meningite, meningite meningocócica e meningococcemia.

O município, no entanto, não indicou outras possíveis causas da morte de Arthur. "Todos os procedimentos de proteção e profilaxia dos comunicantes foram realizados seguindo os protocolos do Ministério da Saúde. Informações adicionais relacionadas ao caso dependem de autorização expressa da família da criança", informou o documento.

A família de Lula ainda não se manifestou.

Confira a íntegra da nota divulgada pela Prefeitura de Santo André:

“Conforme amplamente noticiado, no dia 1°/03/2019 recebemos por volta das 14h20 a notificação de nº 5968951, informando que o paciente A.A.L.S, de 7 anos de idade, deu entrada no Hospital Bartira às 7h14 do dia 1°/3 com cefaleia, febre, mialgia, exantema, cianose, náuseas e dores abdominais. Evoluiu com confusão mental e o paciente veio a óbito por volta das 12h. O hospital informou na notificação que o motivo do óbito foi meningococcemia (meningite). Apesar da notificação, o resultado do exame de líquor realizado no mesmo dia pelo próprio Hospital Bartira, acusou bacterioscopia negativa.

Em face dessa constatação, na mesma data, a Secretaria de Saúde de Santo André, por meio do Departamento de Vigilância à Saúde, encaminhou as amostras de sangue e líquor coletadas no Hospital para análise e confirmação do Instituto Adolfo Lutz, que normalmente emite os resultados no prazo de 15 a 30 dias. Além de encaminhamento das amostras, realizamos esquema profilático dos comunicantes (pessoas com contato íntimo por mais de quatro horas diárias com o paciente nos últimos sete dias). Devido ao fato do paciente estudar em São Bernardo do Campo, a Vigilância Epidemiológica do referido município foi comunicada para que as medidas de profilaxia cabíveis fossem tomadas na escola, o que devidamente ocorreu.

As investigações foram finalizadas pela Secretaria de Saúde de Santo André, por intermédio do Departamento de Vigilância à Saúde, e segundo os resultados dos exames realizados pelo Instituto Adolfo Lutz, foram descartadas: meningite, meningite meningocócica e meningococcemia.

Todos os procedimentos de proteção e profilaxia dos comunicantes foram realizados seguindo os protocolos do Ministério da Saúde. Informações adicionais relacionadas ao caso dependem de autorização expressa da família da criança.”

Fonte: Noticias ao minuto

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

A dengue voltou a fazer uma nova vítima no Estado, desta vez uma mulher de 58 anos que teria falecido na noite desta terça-feira (26) no Hospital da Vida em Dourados – distante a 228 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o site Dourados News, exames em um laboratório particular da cidade teria atestado a morte por dengue, mas não confirmou se seria do grau hemorrágica. Outro exame de sangue será feito, desta vez, no Lacen (Laboratório Central) em Campo Grande para confirmar se a morte da moradora foi, de fato, pela doença.

Ainda segundo o site, a mulher havia dado entrada na UPA na terça e teria sido transferida para o Hospital da Vida no mesmo dia, mas em decorrência da gravidade, acabou falecendo no início da noite, por volta das 19 horas.

Caso seja confirmada a morte por dengue hemorrágica, este será o segundo caso em menos de uma semana. Na sexta-feira (22), o menino Nicolas Lima Henklain Ferruzzi, de 11 anos também veio a óbito por conta da doença.

A reportagem entrou em contato com a SES (Secretaria Estadual de Saúde) questionando se há a suspeita e aguarda retorno.

Fonte: Midiamax

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Até o dia 16 de março, o estado notificou 10.116 casos da doença

Com três mortes confirmadas, dados do Ministério da Saúde apontam que os casos de dengue em Mato Grosso do Sul aumentaram em 912,6% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Até o dia 16 de março, o estado notificou 10.116 casos da doença. No mesmo período de 2018, foram 999 casos. A incidência no estado é de 368,1 casos/100 mil habitantes, o terceiro maior índice do Brasil.

A população deve reforçar os cuidados para combater o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. O alerta do Ministério da Saúde é devido ao aumento dos casos de dengue no país, que passaram de 62,9 mil nas primeiras 11 semanas de 2018 para 229.064 no mesmo período deste ano (até 16 de março).

A incidência, que considera a proporção de casos em relação ao número de habitantes, tem taxa de 109,9 casos/100 mil habitantes até 16 de março deste ano. O número de óbitos pela doença também teve aumento, de 67%, sendo grande parte no estado de São Paulo.

Através do portal do Ministério da Saúde, o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson Kleber, reforça que a melhor forma de evitar o agravamento e as mortes por dengue é com diagnóstico e tratamento oportunos.

“O Brasil vem de dois anos seguidos com baixa ocorrência de dengue, portanto é necessário que os profissionais de saúde estejam atentos a esse aumento de casos. É preciso que eles estejam mais sensíveis e atentos para a dengue na hora de fazer o diagnóstico. Quanto mais cedo o paciente for diagnosticado e der início ao tratamento, menor o risco de agravamento da doença e de evoluir para óbito”, explica Wanderson.

Os estados com índices mais alarmantes, ou seja, com a incidência da doença maior que 100 casos por 100 mil habitantes são: Tocantins (602,9 casos/100 mil hab.), Acre (422,8 casos/100 mil hab.), Mato Grosso do Sul (368,1 casos/100 mil hab.), Goiás (355,4 casos/100 mil hab.), Minas Gerais (261,2 casos/100 mil hab.), Espírito Santo (222,5 casos/100 mil hab.) e Distrito Federal (116,5 casos/100 mil hab.).

Em relação aos óbitos, o aumento neste ano é de 67% em relação ao mesmo período de 2018, passando de 37 para 62 mortes, sendo três em Mato Grosso do Sul. De acordo com o Ministério da Saúde, o problema é ainda mais grave em São Paulo, que registrou 31 óbitos, o que representa 50% do total registrado em todo o país.

Fonte: TopmidiaNews

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

 

Segundo o médico, João de Deus deve ficar em leito isolado em hospital

O médium João de Deus, acusado de crimes sexuais, foi transferido do presídio de Goiania para um hospital, devido a um aneurisma.

Nesta sexta-feira (22), o médico Alberto Las Casas Júnior afirmou que João de Deus corre risco de ter uma “morte súbita” por hemorragia caso o aneurisma que possui no abdômen se rompa.

Além disso, o cardiologista disse que João de Deus deve ficar em um leito isolado no Instituto de Neurologia de Goiânia. De acordo com o profissional, o quarto já está reservado para o médium.

Como destaca o G1, Alberto avaliou o médium há exatamente um mês na prisão, a pedido dos advogados dele, e emitiu um laudo que embasou decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de transferi-lo da cadeia para um hospital.

João de Deus está preso desde o dia 16 de dezembro acusado de crimes sexuais durante atendimentos espirituais. Ele nega as acusações.

Fonte: Noticias ao minuto

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Já foram registradas duas mortes em Campo Grande e duas em Três Lagoas

A dengue fez mais uma vítima em Mato Grosso do Sul e desta vez um menino de 11 anos não resistiu à doença. Nicolas Lima Henklain Ferruzzi morreu na madrugada desta sexta-feira (22) em decorrência da dengue hemorrágica em Dourados, a 225 km de Campo Grande.

Conforme informações do HU-UFGD (Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados), Nicolas deu entrada no hospital por volta das 7 horas da quinta-feira (21) já em estado grave. Ele foi internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) pediátrica.

O menino já havia sido atendido em uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento), mas como o caso era grave, foi pedida a transferência para o HU. Apesar do socorro, ele faleceu às 3h35.

O colégio que o menino estudava publicou nota de falecimento em suas redes sociais nesta sexta-feira (22). As aulas foram suspensas em respeito à família.

Nicolas é a quinta vítima de dengue em Mato Grosso do Sul neste ano. De acordo com o Boletim Epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde), foram registrados dois óbitos de idosos por conta da dengue em Campo Grande. Já em Três Lagoas, foi registrada a morte de mais duas pessoas. As vítimas já tinham outras comorbidades, como a hipertensão.

Fonte: Midiamax

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Pesquisa aponta que maioria dos casos são relativos a tratamentos e medicamentos

Com média de 111,12 processos judiciais relativos a saúde para cada 100 mil habitantes, Mato Grosso do Sul é o estado do País com maior volume de ações judiciais em saúde, em termos per capita, conforme conforme revela a pesquisa “Judicialização da Saúde no Brasil: Perfil das demandas, causas e propostas de solução”.

 

O estudo, elaborado pelo Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper) para o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), foi divulgado nesta segunda-feira (18/3) durante a III Jornada de Direito da Saúde, em São Paulo. Pesquisa traz dados entre 2009 e 2017.

De acordo com a pesquisa, os casos ajuizados em Mato Grosso do Sul são, na maioria, relativos a tratamento médico-hospital ou fornecimento de medicamentos.

Ainda conforme o levantamento, o número de processos aumenta ano a ano no Estado. Em 2009, a média era de 2,16 casos para 100 mil habitantes, número que saltou para 214,70 casos para casa 100 habitantes em 2017.

Os números refletem no orçamento do Ministério da Saúde, que registrou um crescimento nos gastos com demandas judiciais. Conforme divulgado no fim do ano passado pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS), nos 12 meses de 2017, ano base da pesquisa do CNJ, o pagamento de pedidos judiciais de medicamentos, exames e procedimentos cirúrgicos pelo Estado totalizou R$ 19,7 milhões. Em 2016, o valor foi de R$ 17,4 milhões.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, participou da Jornada e disse que o país lida, no Sistema Único de Saúde (SUS), com a judicialização de acesso pontual “de medicamentos que estão na rede nacional, de uma quantidade enorme de pequenas cirurgias, que são frutos da desorganização do sistema, falta de informatização e subfinanciamento”.

Fonte: Correio do Estado

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Durante reunião com integrantes do Conselho Nacional de Saúde (CNS) realizada na última quinta-feira (31) o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, questionou o repasse anual de R$ 450 milhões à ONG Missão Evangélica Caiua, de Dourados (MS). Vários assuntos estiveram em pauta, especialmente a saúde dos povos indígenas.

Mandetta afirmou que o Governo Federal direciona R$ 1,4 bilhão todos os anos para a saúde indígena. Desse valor R$ 690 milhões são direcionados para ONG’s na qual a organização de Dourados recebe mais da metade.

O ministro frisou a aldeia de Dourados é a que tem maior índice de suicídio e de desnutrição. "Dourados é a sede da ONG que leva mais recursos e eu não posso questionar? E eu tenho que falar, deixa assim porque eu não quero retrocesso? Que retrocesso? Alguém me explica? Se alguém não me convencer, eu vou falar e vou provocar, sim!", reforçou Mandetta.

Mandetta disse que as informações reveladas ainda são superficiais e que um diagnóstico da real situação está sendo feito. O ministro salientou que dentro do ministério "não tem assunto proibido". "Tudo o que existe pode ser questionado", afirmou. O ministro encoraja os representantes do CNS para que não tenham medo da discussão. "Não pense que ela é uma mobilização nacional contra. Contra o que? Contra a evidência, a verdade, os números, contra o que está colocado na mesa?", questionou.

Fonte: Dourados Agora

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Valor será pago de acordo com os dias trabalhados, conforme Decreto

Prefeitura de Campo Grande alterou e acrescentou uma norma ao Decreto n. 8.930, de 23 de abril de 2004, que vai pagar por mês, benefício por produtividade a mais de 800 servidores administrativos e auxiliares da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau). De acordo com a nova publicação, foi acrescentado que, nos casos de licença para tratamento médico que for inferior a 15 dias, os servidores vão receber a produtividade apenas no valor proporcional aos dias trabalhados de acordo com cada cargo.

Os servidores terão o valor de R$ 600 incorporados ao salário de maneira gradativa. O primeiro valor acrescido foi estabelecido em R$ 200; o valor deve subir para R$ 400 em março e abril e de maio até dezembro o valor pago passa a ser de R$ 600. A medida terá impacto de R$ 6 milhões ao ano nos cofres públicos. Atualmente, a folha de pagamento é de cerca de R$ 120 milhões.

O salário base da categoria dos mais de 870 servidores do Administrativo da Saúde da Prefeitura de Campo Grande é de R$ 894,00 mensais por 40 horas trabalhadas por semana.

Atuam nas mais de 100 unidades de assistência, além da sede do administrativo, 871 servidores, sendo eles: agentes de atividades educacionais (2), ajudante de operação (114), artífice de copa e cozinha (4), assistente administrativo I (30) e II (322), assistente de serviços em saúde (247), auxiliar de serviços diversos (55), auxiliar social I (18) e II (73), digitador (1), redator (1) e telefonista (4).

Fonte: Correio do Estado

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

O número é 450% maior que em 2017, quando 6 perderam a vida

O último boletim epidemiológico da Influenza de 2018 e o primeiro de janeiro de 2019 foram divulgados pela SES (Secretaria Estadual de Saúde) e apontam que no ano passado, a doença viral matou 33 pessoas, 450% a mais que em 2017, quando seis perderam a vida.

De janeiro de 2018 a 21 de janeiro de 2019, o Lacen (Laboratório Central) notificou 2141 casos e exames confirmaram 282, sendo 78 para H1N1 (Influenza A), 37 para não suptipado (Influenza A), 139 para H3N2 (Influenza A), e 28 para influenza B.

O último surto da doença ocorreu em 2016, quando 103 pessoas morreram por algum vírus da doença. Normalmente, quatro tipos de vírus (citados acima) são os mais comuns do Estado.

Sobre as mortes de 2018, 20 ocorreram em Campo Grande, sendo cinco por H1N1, oito por H3N2, quatropor Influenza B e três por Influenza “A” não subtipado.

Naviraí, Costa Rica e Coxim registraram duas mortes cada um, e os municípios de Alcinópolis, Aquidauana, Chapadão do Sul, Dourados, Nioaque e Três Lagoas, um óbito cada.

Fonte: Campo Gande News

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Pagina 1 de 10

Salvar

 PUBLICIDADE 

A Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul através da Gerência Municipal de Saúde, comunica a todos estará realizando a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe).

De 10 a 19 de abril, vacinação para as Crianças de 6 meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias e gestantes.

De 22 de abril a 31 de maio para todos os grupos prioritários Taís como: Idosos acima de 60 anos de idade, funcionários da saúde, professores, Puérperas (ate 45 dias após o parto) e crianças 6 meses ate 5 anos 11 meses 29 dias, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clinica especial, não se esquecendo da prescrição medica que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

O Dia D previsto para o Dia 04 de maio de 2019 no posto de saúde das 8:00 as 17:00 horas.

Todos devem procurar o posto de saúde com sua carteira de vacinação das 7:00 h às 11:00 h e das 13:00 as 17:00 horas durante a semana.

 

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top