Wagner Montes é cremado em cerimônia com música e chuva de pétalas de rosas

27 Janeiro 2019
(0 votos)
Autor 
Pétalas de rosas caíram sobre o caixão Foto: Robson Moreira/divulgação

O corpo do jornalista Wagner Montes foi cremado na tarde deste domingo, no crematório do Cemitério da Penitência, no Caju. A cerimônia, restrita a família e amigos próximos, começou às 13h30, teve duração de meia hora, e foi embalada por músicas e pétalas de rosas. Montes morreu aos 64 anos, neste sábado, em decorrência de uma infecção generalizada e falência de múltiplos órgãos.

Ao som de canções como "Don't cry for me Argentina" e "Unchained Melody", tema do filme "Ghost", executadas ao vivo pelo violinista Hugo Antunes, a atriz Sônia Lima, casada com o político há 30 anos, falou sobre a união do casal e abraçou todos os presentes na capela ecumênica. A artista ainda se disse surpresa com a quantidade e carinho dos fãs, se referindo a todos como "filhos" de Montes. Já Diego Montez, filho do deputado, fez ressaltou o legado do pai.

Na cerimônia de corpo presente, o caixão ainda recebeu uma chuva de pétalas de rosas vermelhas, e um efeito de gelo seco cobriu a urna, que entrou por uma janela com um céu artificial ao fundo. Antes do desfecho, mensagens positivas foram lidas pela cerimonialista Luciana Mey. Mais cedo, Montes foi velado no saguão do Palácio Tiradentes, sede do Parlamento fluminense, no Centro do Rio. O político nasceu em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, e era formado em Direito pela Universidade Gama Filho. Ele estava internado há dois meses no hospital Barra D'Or.

Fonte: Extra

 

1405 : Visualizações
Redação

Salvar

 

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top