“Tem que descer o cacete”, diz vereador sobre indígenas que bloquearam BR-163

07 Março 2018
(0 votos)
Autor 
Indígenas bloquearam BR-163 na terça-feira. (Foto: Cleber Gellio)

André Salineiro, que é policial federal, pediu 'mais rigor' contra manifestações

O vereador de Campo Grande André Salineiro (PSDB) fez duras críticas à manifestação de indígenas que bloquearam a BR-163, em direção a Jaraguari, na manhã de terça-feira (6). Cerca de 120 integrantes de diversas etnias protestaram contra a troca da ONG (Organização Não Governamental) que cuida da saúde indígena em diversas cidades do Estado.

Salineiro utilizou a tribuna da Casa para comentar sobre o protesto. Primeiramente, o parlamentar alegou que esse tipo de ação prejudica a população, pois pessoas deixam de trabalhar ou levar os filhos em um hospital e, geralmente, são cometidos por indígenas e sem-terras. Por considerar algo recorrente, o tucano pediu atitudes mais “rígidas” contra os manifestantes.

“Acho que o governo tem que mudar essa nossa lei que é muito fraca, porque, quando tem uma interrupção dessa, tem que chegar lá o policiamento e, se não tiver conversa, tem que descer o cacete mesmo. Têm que apanhar, porque eles vão revidar, e aí é a hora de apanhar”, discursou Salineiro, durante a sessão de terça-feira.

Enquanto isso, na BR-163, após seis horas de bloqueio, os indígenas encerravam o protesto. O coordenador regional da Funai (Fundação Nacional do Índio), Paulo Rios, afirmou que a manifestação foi encerrada de maneira pacífica após conversa com os líderes.

Segundo divulgado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), a manifestação foi encerrada às 10h50. O bloqueio da BR-163 acontecia desde as 5h da manhã e o engarrafamento chegou a 5 km nos dois lados da rodovia.

Fonte: Midiamax

 

207 : Visualizações
Redação

Salvar

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top