Funcionária vaza fotos de cadáveres e deve ser afastada a pedido da Sesau

13 Janeiro 2018
(0 votos)
Autor 
Caso foi denunciado nesta manhã na Depac Piratininga. - Foto: Álvaro Rezende

Contratada por terceirizada da prefeitura foi denunciada nesta manhã

Funcionária de empresa terceirizada que trabalha na higienização do Serviço Municipal de Verificação de Óbito (SVO) foi denunciada na manhã deste sábado à Polícia Civil, por vazar fotos de cadáveres em grupo de WhatsApp. Por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), a prefeitura solicitou afastamento da mulher.

De acordo com a Polícia Civil, Sandra Araújo, técnica em necropsia do SVO, registrou o boletim de ocorrência depois de flagrar a funcionária manuseando o celular no local onde estavam o mortos que seriam submetidos a exames, na última segunda-feira - o SVO recebe apenas casos de morte natural; vítimas de violência são encaminhadas ao Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol). Na ocasião, os corpos foram fotografados e as imagens espalhadas na internet.

Esta não é a primeira vez que a investigada cometeu tal delito. Em 2016 e em 2017 ela já havia sido advertida, mas como insistiu na reincidência, acabou denunciada. Provas como registros de conversas e prints do WhatsApp foram entregues na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da Vila Piratininga.

Por meio da assessoria de comunicação, a Sesau lamentou o ocorrido e afirmou que, por se tratar de serviço terceirizado, a empresa Megaserv, responsável pela funcionária, foi comunicada do pedido de afastamento imediato. A secretaria vai contribuir com as investigações e aguarda o resultado do inquérito. As informações obtidas vão auxiliar na atualização de procedimentos de segurança no SVO.

Fonte: Correio do Estado

238 : Visualizações
Redação

Salvar

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top