Hospital abandonado será reaberto para consultas e cirurgias diárias

02 Janeiro 2018
(0 votos)
Autor 
Reforma e adequações foram prometidas para 2017, mas não saíram do papel - Foto: Bruno Henrique/ Correio do Estado

Localizado no Bairro Moreninhas, unidade foi desativada em 2016

Com o centro cirúrgico interditado pela Vigilância Sanitária desde 1º de dezembro de 2016, o antigo Hospital da Mulher, localizado no Bairro Moreninhas, deve ser reformado e passar a funcionar como espaço para partos e consultas. Abandonado, o local tem servido como abrigo para moradores de rua e usuários de drogas.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela, quando for reativado, o prédio será um hospital-dia, para atender às demandas ambulatoriais. Serão necessários R$ 470 mil para a obra.

“Ele vai ser reativado conforme o programa que está estabelecido da rede mulher e da cirurgia ambulatória do Ministério da Saúde. Vai ser hospital-dia para cirurgia ambulatorial e vai ser casa de parto”, destacou Marcelo. Cirurgias ambulatoriais são aquelas realizadas em que há alta no mesmo dia.

A unidade fechou totalmente em dezembro de 2016 e deixou de fazer coleta de preventivo e demais exames ambulatoriais. A previsão da Secretaria Municipal de Saúde Pública (Sesau) era começar a reforma no prédio ainda em 2017, mas, na sexta-feira, 29 de dezembro, a reportagem esteve no local e constatou que nada foi realizado.

Fonte: Correio do Estado

893 : Visualizações
Redação

Salvar

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top